Star Wars | Suposto roteiro do Episódio IX mostrava outro destino para Rey e Kylo Ren

Parece que o filme de Colin Trevorrow seria bem diferente

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Star Wars | Suposto roteiro do Episódio IX mostrava outro destino para Rey e Kylo Ren

Assim como a recepção, a produção de Star Wars: A Ascensão Skywalker também foi um pouco conturbada e teve até uma troca de diretores por conta de divergências criativas com a Disney.

Originalmente, Colin Trevorrow — responsável pela trilogia de Jurassic World — estava encarregado de finalizar a trilogia, mas acabou sendo substituído por J.J. Abrams, que já tinha comandado O Despertar da Força.

Por conta da troca no comando, o roteiro — que já estaria esboçado do início ao fim — foi descartado e outro começou a ser escrito por J.J. e Chris Terrio.

Agora, o suposto roteiro de Trevorrow foi mostrado pelo cineasta americano Robert Meyer Burnett, em seu canal do YouTube Robservations, e destaca que seria um filme bem diferente sem a troca de diretores.

Vale ressaltar que, apesar de não ter uma declaração oficial da Disney nem de Trevorrow, os sites Collider e The Playlist alegam que fontes “ligadas ao estúdio” confirmaram que realmente se trata do roteiro original do longa.

O roteiro de Colin Trevorrow

Primeiro, o título da produção originalmente seria Star Wars: Duel of the Fates, “Duelo de Destinos”, em tradução livre.

O filme começaria exatamente onde Os Últimos Jedi terminou, com a Primeira Ordem cortando a comunicação entre os planetas para pressionar a Aliança Rebelde liderada por Leia Skywalker.

A primeira cena mostraria Finn, Rose e BB-8 invadindo um Star Destroyer para roubar a nave das mãos da Primeira Ordem. Durante o roubo, Finn veria um stormtrooper sem capacete e o reconheceria.

O Imperador Palpatine não retornaria e nem sequer seria mencionado. O vilão principal seria apenas Kylo Ren e seu exército da Primeira Ordem.

Na metade do longa, Finn e Rose seriam designados para uma missão em Coruscant, onde precisariam acender um farol de um templo Jedi antigo para pedir ajuda da galáxia na guerra. No entanto, Rose seria capturada e interrogada por General Hux no caminho, enquanto Finn enfrentaria sozinho hordas de stormtroopers nas ruas.

Rey ainda acreditaria que Kylo Ren poderia se arrepender e mudar de lado, então ela pediria a ajuda de Poe para colocar um ponto final na guerra “do seu jeito”.

No entanto, Kylo não mudaria de lado — e o romance “Reylo” não aconteceria. Desde o começo do filme, o vilão estaria escondido em Mustafar (planeta vulcânico que guarda as ruínas do castelo de Darth Vader), onde seria assombrado pelo fantasma de Luke Skywalker e até lutaria com ele em alucinações.

Pouco depois, Kylo encontraria um dispositivo Sith que o colocaria em contato com Tor Valum, um antigo Mestre Sith. Então, o personagem cederia de vez para o lado sombrio da Força.

Já em relação aos pais de Rey, eles realmente seriam “ninguém” e não teriam nenhuma relação com Palpatine. A grande revelação por trás da morte deles seria de que Kylo os matou a mando de Snoke.

A guerra chegaria ao fim em uma luta entre Rey e Kylo Ren no planeta místico Mortis, onde ela receberia a ajuda dos fantasmas de Luke, Obi-Wan e Yoda. E Kylo seria derrotado.

A cena final do filme mostraria Finn e Rose levando um grupo de crianças sensitivas à Força — um deles seria o garoto da vassoura do final de Os Últimos Jedi — para um planeta remoto, onde Rey estaria esperando por eles para treinar a próxima geração de Jedi.