Kojima elogia Coringa e diz que o filme vai “mudar a história do cinema”

O desenvolvedor japonês ainda comparou com Taxi Driver e O Exorcista

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Kojima elogia Coringa e diz que o filme vai

Hideo Kojima é um grande fã de cinema, não à toa a descrição de seu perfil no Twitter tem os dizeres: “70% do meu corpo é composto por filmes”.

Na sua rede social, o desenvolvedor japonês gosta de comentar o que assistiu e, agora, ele falou sobre Coringa, o mais novo longa focado no Palhaço do Crime — e não poupou nos elogios.

Kojima disse que o filme vai mudar o cinema, principalmente na forma como os quadrinhos são adaptados para as telonas, além de compará-lo com os clássicos Taxi DriverO Exorcista.

É um filme que vai mudar a história do cinema. Assim como O Exorcista mudou radicalmente o gênero do terror, este não é apenas mais um filme baseado em quadrinhos americanos. É o Taxi Driver deste século. A violência que consome Arthur [de Coringa] e a justiça de Travis que lentamente se torna má [de Taxi Driver], destacam a atual disparidade do que deve ou não ser feito e ainda zombam da “escuridão” que existe na sociedade atual. É uma verdadeira obra-prima dos filmes de vilões que são feitos para adultos.

É possível conferir o tweet original de Kojima logo abaixo:

“Escrevi um texto para o Coringa.”

O elenco de Coringa conta com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz (Deadpool 2), Bill Camp (Operação Red Sparrow), Frances Conroy (American Horror Story), Brett Cullen (Narcos), Glenn Fleshler (Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow), Marc Maron (GLOW), Josh Pais e Shea Whigham (Kong: Ilha da Caveira).

Já a equipe criativa é liderada pelo diretor Todd Phillips, de Se Beber Não Case, e o roteirista Scott Silver, de O Vencedor e 8-Mile. O longa é produzido por Phillips, Emma Tillinger Koskoff (Silêncio) e Bradley Cooper.

A produção é a primeira de um novo selo de filmes mais sérios e pesados baseados nas obras da DC Comics. Os longas terão diretores com estilos próprios e marcantes, e não estarão necessariamente ligados aos filmes da universo cinematográfico da editora. O filme levou o Leão de Ouro no Festival de Veneza.

Coringa estreia no Brasil em 3 de outubro de 2019. Confira a nossa crítica!