Star Wars | Roteirista é demitido da Marvel por conta de tweets

Chuck Wendig falou sobre o assunto

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Star Wars | Roteirista é demitido da Marvel por conta de tweets

A Marvel decidiu demitir o escritor e roteirista Chuck Wendig por conta de alguns de seus tweets. O autor era mais conhecido por escrever a trilogia de livros Star Wars: Marcas da Guerra e por ser o responsável pela HQ Star Wars: Shadow of Vader, ainda inédita.

No Twitter, Wendig escreveu uma série de mensagens explicando a situação. Ele contou que tudo começou na época do lançamento de Marcas da Guerra, quando alguns fãs se revoltaram por ele ter inserido personagens LGBT+ na trama e passaram a mandar mensagens xingando-o ao redor da internet.

Com o lançamento dos dois livros seguintes da trilogia e com a estreia de Os Últimos Jedi, Wendig passou a ser assediado ainda mais, com os tweets ficando cada vez mais violentos. Tendo uma posição política clara na internet, o autor começou a responder alguns dos haters ao mesmo tempo em que criticava duramente o governo de Donald Trump e o Partido Republicano.

“E nós anunciamos Shadow of Vader no último final de semana, e as pessoas estavam animadas, eu achei que tudo estava bem. Não me falaram de nenhum problema, e o meu eu online sempre foi meu eu online. Só que não.

Hoje eu recebi o telefonema, eu fui demitido. Por causa da negatividade e a vulgaridade dos meus tweets. Sério, isso foi o que mark, o editor, falou. Muita política, muita vulgaridade, muita negatividade da minha parte”

Wendig explicou que acredita que a decisão veio apenas da Marvel, e não diretamente da Lucasfilm. Apesar disso, ele contou que deve ficar afastado de projetos relacionados a Star Wars, pelo menos por um tempo.

A Marvel e a Lucasfilm não se manifestaram sobre o assunto.