Como série do Cavaleiro da Lua afasta herói do rótulo de “Batman da Marvel”

Versão live-action se esforça para superar comparação que já deixou de fazer sentido nas HQs

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Como série do Cavaleiro da Lua afasta herói do rótulo de

O Cavaleiro da Lua nunca foi um personagem do primeiro escalão. Ainda que tenha conquistado uma cota de fãs fiéis ao longo dos anos, o herói também ficou conhecido pelo maldoso apelido de “Batman da Marvel”.

Essa comparação voltou a ser assunto com o anúncio de que o personagem ganharia uma série no Disney+. Porém, a produção tomou a sábia decisão de seguir os passos dos quadrinhos e afastar seu protagonista das comparações com o Homem-Morcego. No texto abaixo, explicamos como esse paralelo surgiu – e como o seriado o quebra.

[Atenção! Spoilers leves dos dois primeiros episódios de Cavaleiro da Lua a seguir]

Antes de mais nada, é interessante entender como o Cavaleiro da Lua passou a ser associado ao Batman. Criado mais de 30 anos após o Homem-Morcego, o herói da Marvel surgiu primeiro como um mercenário contratado por uma organização criminosa para caçar o Lobisomem. Ele fez tanto sucesso que passou a ganhar aventuras solo em outras revistas, até ganhar a própria.

Nessas aventuras, descobrimos que Marc Spector é um mercenário que acaba morto no Egito por seus colegas e é trazido de volta à vida por Khonshu. O deus da Lua o revive com a missão de punir malfeitores, o que ele decide fazer em seu lar, Nova York. Lá, ele adota outras duas personalidades como disfarce para descobrir informações sobre várias organizações criminosas.

Vale notar que, inicialmente, essas “identidades” eram apenas disfarces. Um deles era o taxista Jake Lockley, que recebia informações do povo, enquanto o outro era Steven Grant, um magnata com contatos na alta-sociedade. Não é preciso dizer que a fortuna de Grant, na verdade ,vem do passado de Marc Spector como mercenário, mas ainda assim ela é a semente da analogia entre Cavaleiro da Lua e Batman.

Marc Spector, Jake Lockley e Steven Grant, as personalidades do Cavaleiro da Lua

O lado playboy festeiro de Bruce Wayne já era uma espécie de disfarce muito antes de Steven Grant ser criado. Além disso, o Cavaleiro da Lua se desenvolveu como um herói urbano que usava a fortuna para criar apetrechos temáticos relacionados ao seu alter ego. Se o Batman contava com bumerangues em formato de morcego, os do Cavaleiro tinham forma de Lua crescente, e por aí vai.

Desde então, os quadrinistas responsáveis por escrever histórias do Cavaleiro da Lua tiveram diferentes abordagens a respeito dessa semelhança. Há fases que aproximaram os dois, tornando os métodos de Marc Spector mais violentos e baseados em medo, enquanto outras tomaram o caminho oposto, focando nas características que o diferenciam do Batman. É o caso de histórias que colocam o Punho de Khonshu contra criaturas sobrenaturais, ou aquelas que abordam as múltiplas personalidades como um transtorno. Isso porque, com o tempo, Steven e Jake deixaram de ser disfarces e se tornaram identidades autônomas que disputam espaço com Marc.

Batman e Cavaleiro da Lua

O adeus ao Batman na série

Pelas características citadas acima, talvez tenha ficado fácil entender como o Cavaleiro da Lua do MCU é drasticamente diferente do Batman. Em primeiro lugar, Steven Grant (Oscar Isaac) passa longe de ser um bilionário que vive em uma mansão luxuosa cercado pela alta-sociedade. A versão da série é um rapaz desajustado que precisa trabalhar na loja de presentes de um museu para pagar as contas.

Ao contrário dos quadrinhos, que desenvolveu as múltiplas personalidades aos poucos, a série começa tratando isso como um transtorno desde o início. Sem consciência de que divide espaço com outras pessoas, Steven se preocupa que sua condição não machuque ninguém, mas passa longe de fazer o tipo herói de ação.

Steven Grant nas HQs e na série

Sua personalidade, aliás, é mais próxima do estereótipo clássico do “nerd”. Um cara tímido, que encontra dificuldade para se encaixar e se dedica completamente a uma obsessão incomum – a diferença é que, ao invés de HQs ou filmes, ele é obcecado pela cultura egípcia. Nesse sentido, ele está mais perto do Homem-Aranha do que do Batman.

As diferenças também chegam à versão super-heroica. Ainda que o Cavaleiro da Lua continue vestindo uma capa em formato de Lua crescente e utilizando Luarangues, seu visual e apetrechos são fornecidos pelo próprio Khonshu. O simples fato de ele não ter escolha em relação ao visual e utilizar as armas que tem à mão já o tornam muito diferente de alguém que produz utensílios que combinem com a “temática” de seu alter ego.

Cavaleiro da Lua foge de Chacal em cena da série

Outra questão está nos inimigos. Ainda que ele tope com criminosos como Arthur Harrow (Ethan Hawke) e seus capangas, ele age mais como uma espécie de agente sobrenatural do que como herói urbano. Não à toa o vemos lutando contra Chacais e tentando impedir a invocação de uma deusa egípcia, trocando becos escuros por paisagens rurais e pirâmides.

Ainda que possa incomodar uma parcela dos fãs, que certamente esperava por uma história mais séria com foco em suspense psicológico, essas escolhas ajudam a afastar de vez as comparações com o Batman. Afinal, o conceito de vigilante mascarado é amplo demais para resumir todos os personagens a “cópia desse” ou “versão daquele”.

A união acidental entre Cavaleiro da Lua e Batman

Para encerrar, há uma curiosa conexão entre o Cavaleiro da Lua e o Batman. Em 2014, o herói da Marvel ganhou uma HQ solo escrita por Warren Ellis com arte de Declan Shalvey. Lembrado por apresentar a persona Senhor da Lua, o quadrinho mostrou o vigilante usando como veículo uma limusine tecnológica fortemente inspirada pelo filme Cosmópolis (2012), de David Cronenberg. A produção teve como protagonista ninguém menos do que Robert Pattinson, ator que se tornou o novo Homem-Morcego dos cinemas oito anos após a publicação do quadrinho.

Chega a ser no mínimo irônico que o ator escolhido para viver o novo Batman seja justamente o astro de um filme que inspirou uma elogiada fase do Cavaleiro da Lua nas HQs. Uma coincidência que entra para a vasta lista de ligações entre os heróis da Marvel e da DC.

Robert Pattinson em Cosmópolis e Cavaleiro da Lua nas HQs

Primeira série da Marvel focada em um personagem inédito do universo cinematográfico da Marvel, Cavaleiro da Lua apresenta o vigilante com múltiplas personalidades, que luta a serviço de Khonshu, o deus egípcioda Lua. Também estão no elenco May Calamawy e Gaspard Ulliel.

Cavaleiro da Lua tem episódios às quartas-feiras, no Disney+.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1