Sherlock Holmes tinha uma irmã ou não? Entenda como surgiu Enola Holmes

Personagem não faz parte do cânone do criador e gerou confusão até na justiça

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Sherlock Holmes tinha uma irmã ou não? Entenda como surgiu Enola Holmes

Enola Holmes, novo filme da Netflix, traz Millie Bobby Brown como a irmã de 16 anos do icônico detetive Sherlock Holmes, interpretado por Henry Cavill no longa. A produção, que chegou nesta quarta-feira (23) à plataforma, acompanha a história da jovem procurando sua mãe, Eudoria Holmes, vivida pela Helena Bonham Carter, que está desaparecida.

O fato curioso sobre o longa da Netflix é que, nas histórias originais, escritas por Arthur Conan Doyle, a personagem não existe. Enola Holmes é criação de outra escritora — e é por isso que gera confusão na cabeça de alguns leitores que nunca a viram nos livros, e também na justiça (por que não?).

Mas a gente resolve esses mistérios agora.

Millie Bobby Brown como Enola Holmes

Quem é Enola Holmes?

Enola Holmes é uma personagem criada pela autora norte-americana Nancy Springer para uma série de livros de mistérios. Até hoje, foram lançados seis livros: o primeiro, Enola Holmes: O Caso do Marquês Desaparecido, foi em 2006 e é neste que o filme da Netflix é baseado; uma nova edição dele chegará ao Brasil em outubro pela editora Record. O Caso da Senhorita Canhota (2007), O Caso dos Buquês Bizarros (2008), O Caso do Estranho Leque Rosa (2008), O Caso da Crinolina Misteriosa (2009) e O Caso do Adeus Cigano (2010) completam a série.

Na obra, ela é irmã mais nova de Sherlock, o irmão do meio, e com uma diferença de 20 anos para Mycroft, o mais velho. A jovem vai embora de Londres ao descobrir sobre o sumiço de sua mãe e tentando fugir dos planos de Mycroft de enviá-la a um colégio interno. Então, Enola assume o pseudônimo de Dr. Leslie T. Ragostin e começa a resolver mistérios usando diferentes disfarces e técnicas.

Quanto à relação com seus irmãos, Enola até recebe ajuda de Sherlock, mas como ela considera a liberdade a sua maior prioridade, a adolescente segue a sua vida sem a supervisão deles. A própria personagem explica que seu nome, lido de trás para frente, é “Alone”, ou seja, “sozinha” em inglês; uma indicação de que sua mãe a criou justamente para ser independente, sem precisar de ninguém.

Além dos personagens de Sherlock e Mycroft, John H. Watson e algumas característica apresentadas na série de livros também foram retiradas do cânone escrito por Conan Doyle, como a maneira peculiar da personagem de estudar as pessoas e chegar à conclusões mirabolantes.

E os livros escritos por Arthur Conan Doyle?

O escritor britânico criou o detetive mais famoso do mundo em 1887 e, no cânone, apenas Mycroft Holmes é citado; ou seja, Sherlock não tem outros irmãos nas histórias feitas por seu criador.

Portanto: Enola Holmes não aparece nos livros escritos por Arthur Conan Doyle.

Briga com a Netflix

Então, se a Enola Holmes não aparece na obra de Arthur Conan Doyle, por que a Netflix recebeu um processo do Conan Doyle State, o espólio do autor?

O que aconteceu, neste caso, não envolve a personagem em si, mas o fato de que alguns “traços emocionais” do Sherlock Holmes foram modificados, desrespeitando elementos da obra original que foram escritos entre os anos de 1923 e 1927, que ainda não estão em domínio público – saiba mais aqui.

Enola Holmes aparece em Sherlock?

Em Sherlock, série da BBC que conta com Benedict Cumberbatch no papel do detetive, uma misteriosa irmã de Sherlock e Mycroft aparece ao final da quarta temporada. Então, é a Enola Holmes? Não.

Quem aparece na produção é a Eurus Holmes, vivida pela atriz Siân Brooke. A personagem foi criada apenas para a série e, neste universo, Enola não existe.

Eurus é tida como a mais inteligente entre os irmãos, uma “nova definição de gênio”. Na temporada, ela é a vilã.

Eurus Holmes, interpretada por Siân Brooke

Adaptação da Netflix

Há grandes chances de Enola Holmes se tornar uma franquia de filmes, pois há mais cinco livros que podem ser adaptados. Mas, nada ainda foi anunciado, e vamos ter que esperar para ver ser a plataforma de streaming vai continuar com a história da jovem detetive.

Além de Millie Bobby Brown, Henry Cavill e Helena Bonham Carter, o longa também conta com Sam Clafin como Mycroft, Fiona Shaw como Sra. Harrison, Frances de la Tour como The Dowager e Burn Gorman como Linthorn.

Enola Holmes já está disponível na Netflix.