Jovem Nerd - Notícias sobre filmes, séries, HQs, games, animes, ciência, tecnologia e humor, porque rir não faz mal a ninguém!

What If…?, nova série da Marvel, mergulha no multiverso e se inspira em memes

Produção chega ao Disney+ nesta quarta-feira (11)

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
What If…?, nova série da Marvel, mergulha no multiverso e se inspira em memes

Após o sucesso de suas primeiras séries para streaming, a Marvel vai estrear nas animações com What If…?. Inspirada na clássica HQ O Que Aconteceria Se…, a produção vai mostrar realidades alternativas em que a história do Universo Marvel aconteceu diferente do que vimos ao longo dos filmes.

Curiosamente, a ideia para a série surgiu quase que por acaso. Em uma coletiva de imprensa em que o NerdBunker participou a convite do Disney+, o produtor executivo Brad Winderbaum revelou a origem de What If…?:

“Para ser honesto, foi um momento de inspiração que aconteceu um dia enquanto dirigia para casa depois do trabalho (risos). Quando percebi, estava na rodovia mandando mensagem para Kevin Feige sobre como essa série poderia ser. No dia seguinte as coisas estavam acontecendo e estávamos produzindo.”

Segundo Winderbaum, o estúdio decidiu que a produção seria em animação desde o começo. Isso porque, em suas palavras, “precisava ser uma mídia que permitisse uma estrutura infinita para o que quer que pudéssemos imaginar”. Essa liberdade foi fundamental, já que a série tem formato de antologia, em que cada episódio conta uma história fechada.

T'Challa e Yondu em What If...? (Divulgação/Marvel)
T’Challa vira Senhor das Estrelas em What If… ?

Ambientada no multiverso da Marvel, cada um desses enredos se passa em um local e um período distinto, que pode ser desde a Terra durante a Segunda Guerra Mundial, ou o espaço sideral na década de 2010. Para o diretor Brian Andrews, essa foi a chance perfeita de trazer diferentes gêneros ao MCU:

“Você nunca sabe o que vai receber. Pode ser um episódio de comédia, pode ser dramático e sério, super emocionante ou até cheio de ação. (…) Nos deu a oportunidade de aplicar um gostinho dessa variedade de gêneros no Universo Cinematográfico da Marvel, sabe? Então alguns podem ser um pouco mais sombrios, outros mais divertidos.”

Se por um lado o formato de antologia deixou a equipe criativa livre para combinar diferentes personagens e cenários, houve também preocupação para que What If…? mantivesse uma linha coesa. Para isso, a roteirista A.C. Bradley trabalhou em ligar todos os episódios em torno de um tema principal: redescobrir heróis que já são marcos da cultura pop.

“Para mim, esses personagens são icônicos. Reconhecemos suas silhuetas e símbolos. Mas o importante é como nos conectamos a eles. Então buscamos encontrar novas maneiras de nos conectarmos a Peggy Carter, a Thor Odinson, ao Doutor Estranho… E por sorte tínhamos o Vigia para ser nosso guia, porque ele também está procurando por conexão. Porque é isso o que realmente guia tudo, os personagens.”

A chegada do Vigia

Para essa redescoberta, a série conta com um narrador muito especial: o Vigia. Clássica entidade cósmica das HQs, esse ser é conhecido por observar e registrar grandes eventos do Universo Marvel sem nunca interferir. Narrador do quadrinho original, o personagem vai repetir este papel na animação.

Vigia em pôster de What If...? (Divulgação/Marvel)
Vigia, o observador do Universo Marvel

Voz original do personagem, o ator Jeffrey Wright (Westworld; The Batman) demonstrou empolgação ao aceitar o papel, já que “de certa forma o Vigia pode ser o maior fã da Marvel que existe”:

“É um personagem incrivelmente poderoso. De certa forma onipotente, mítico e dramático. Essas já são cores muito interessantes para brincar. Também quis deixar o mais pessoal que pudesse, para não cair nesses estereótipos do personagem ‘sábio e maior que tudo’ para ancorá-lo em um ritmo e sonoridade bastante próximos dos meus.”

Ainda que o Vigia seja um personagem clássico das HQs, sua abordagem na série teve a curiosa inspiração em um meme. Segundo a roteirista A.C. Bradley, sua visão para o personagem está ligada ao Pizza Rat — vídeo viral sobre um rato arrastando um pedaço de pizza no metrô:

“Eu brincava que ele era o cara do meme Pizza Rat. É um cara vendo esse rato empurrar uma fatia de pizza no metrô de Nova York. Ele não quer fazer carinho no rato, não vai levá-lo para a casa e nem ficar amigo do animal. Mas para ele é fascinante ficar olhando. E é assim que o Vigia assiste à humanidade e nossos heróis.”

O diretor Brian Andrews retomou a fala de Jeffrey Wright sobre o Vigia ser como um fã da Marvel. Para o cineasta, é natural que os fãs se reúnam com amigos para comentar filmes e especular como seriam as coisas caso a história tivesse tomado rumos diferentes:

“Amo o fato de que ele é como a gente, sabe? Porque ele está assistindo às mesmas coisas que nós vimos nos filmes da Marvel, ele é um espectador de certa forma. E isso nos torna imediatamente conectados a ele.”

Para Wright, essa ligação traz um peso extra para sua performance:

“Basicamente o que Brian está dizendo é que eu tive que criar uma voz que representasse cada fã da Marvel no mundo (risos).”

O futuro de What If…?

Antes mesmo de a série estrear, a Marvel já iniciou a produção da segunda temporada. Além de confirmar novos universos a explorar, a renovação abre brechas para que algumas dessas histórias se cruzem. Brad Winderbaum fez mistério, mas revelou que ao menos um dos personagens de What If…? vai voltar no futuro:

“Percebemos muito cedo que haveria um personagem que se destacaria e se tornaria mais importante. Não mais importante do que os outros, mas que tivesse um relacionamento forte com o Vigia, que é quem realmente conduz a série. E essa é a Capitã Carter. Assim que começamos a desenvolver a 2ª temporada, percebemos que ela é uma personagem que gostaríamos de revisitar em cada novo ano e continuar a aventura.”

Peggy Carter em What If...? (Divulgação/Marvel)
Peggy Carter assume lugar do Capitão América em What If…?

Considerando que multiverso é um conceito prometido para a próxima fase do MCU em filmes como Doutor Estranho 2 e Homem-Aranha, é justo imaginar se alguns dos eventos de What If…? vai afetar o universo principal do MCU. Winderbaum falou sobre o assunto citando a mais recente série da Marvel no Disney+:

“Não é coincidência que essa série estreie logo após Loki. Alerta de spoiler mas… O multiverso entrou em erupção para todas as direções possíveis e What If…? nos dá a chance de explorar isso. E acho que podemos dizer que nesta próxima saga o multiverso será crucial.”

A pergunta paira também sobre o Vigia. Ele já apareceu na cena pós-créditos de Guardiões da Galáxia vol. 2, mas será que vai dar as caras novamente no MCU? Jeffrey Wright responde:

What If…? é muito sobre a ideia de que tudo é possível, então acho que a resposta é: E Se?”

Com nove episódios confirmados, a primeira temporada de What If…? chega ao Disney+ nesta quarta-feira (11). A animação ganhará novos episódios às quartas-feiras.

Mais notícias