Vingadores: Ultimato fatura US$ 1,2 bilhão no fim de semana de estreia

Filme é a maior estreia de todos os tempos e o mais rápido a ultrapassar US$ 1 bilhão

João Abbade Publicado por João Abbade
Vingadores: Ultimato fatura US$ 1,2 bilhão no fim de semana de estreia

Em seu primeiro fim de semana de exibições, Vingadores: Ultimato surpreendeu até as expectativas mais otimistas e arrecadou US$ 1,2 bilhão em bilheteria ao redor do mundo, com US$ 350 milhões vindo do mercado americano e US$ 217,4 milhões dos cinemas chineses. A semana de estreia de Ultimato foi longa devido a presença global do longa: na terça (23) à noite o filme começou a ser exibido na China, na quarta (24) no Brasil e na sexta (26) nos Estados Unidos. Com isso, a semana inicial de exibições durou cinco dias, mais do que o normal para grandes blockbusters.

Com a estreia totalizando US$ 350 milhões nos EUA, o quarto filme dos super-heróis da Marvel se tornou a maior bilheteria de estreia de um longa no país — superando seu antecessor, Vingadores: Guerra Infinita que tinha arrecadado US$ 257,6 milhões em 2018. A audiência norte-americana do filme foi composto 57% de homens e 61% de adultos com mais de 25 anos.

Vingadores: Ultimato é o filme que mais rápido ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão na história, com apenas cinco dias de exibições, e já figura como a 18ª maior bilheteria da história e o sexto maior filme do Marvel Studios.

No Brasil, Vingadores: Ultimato também se tornou a maior estreia de todos os tempos, superando com folga Liga da Justiça (US$ 10,1 milhões), Capitã Marvel (US$13,2 milhões) e Vingadores: Guerra Infinita (US$ 19 milhões) com seus US$ 26 milhões arrecadados em apenas quatro dias.

O Marvel Studios como um todo já faturou US$ 19,8 bilhões com 22 filmes lançados em um espaço de 11 anos.

Vingadores: Ultimato continua a trama encerrada em Vingadores: Guerra Infinita, com os Maiores Heróis da Terra buscando uma forma de derrotar Thanos (Josh Brolin), que, munido das Joias do Infinito, se tornou um ser com poderes praticamente ilimitados, destruindo metade do Universo.

O longa já está em cartaz nos cinemas — leia nossa crítica.