Ubisoft Singapura, de Skull & Bones, é investigada por assédio e discriminação

Órgão de fiscalização do trabalho do país recebeu denúncias anônimas

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Ubisoft Singapura, de Skull & Bones, é investigada por assédio e discriminação

A Ubisoft Singapura, responsável pelo desenvolvimento de Skull & Bones, está sendo investigada por autoridades locais após acusações de assédio sexual e discriminação. As informações são da The Straits Times.

O órgão de fiscalização do trabalho de Singapura, a Aliança Tripartite para Práticas de Trabalho Justas e Progressivas (Tafep), relatou que recebeu uma série de denúncias anônimas de funcionários nas últimas semanas, fazendo referência à reportagem recente que apontava problemas internos no estúdio.

A Tafep fará uma investigação interna na empresa, entrevistando testemunhas e vítimas, e também exigirá que novas políticas de trabalho sejam implementadas para impedir que casos parecidos aconteçam novamente.

Por enquanto, a Ubisoft Singapura é suspeita de violar uma das leis do Ministério da Força de Trabalho do país, o que pode impedir o estúdio de criar ou renovar vistos para estrangeiros, se for considerado culpada.

A empresa não comentou oficialmente sobre o caso.

Skull & Bones ainda não tem data de lançamento.

Mais notícias