Quais as diferenças entre yokai e oni?

Todo yokai é um oni, e vice-versa? Não é bem assim

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Quais as diferenças entre yokai e oni?

Quem acompanha animes e mangás certamente já se deparou com os yokai e os oni, criaturas míticas e geralmente maléficas, que parecem existir apenas para infernizar a vida dos protagonistas.

Por serem representações comuns de maldade e por virem diretamente da mitologia japonesa, parece que é tudo a mesma coisa — todo yokai é um oni, e vice-versa? Não é bem assim.

Yokai

Yokai são seres sobrenaturais num geral. Não há uma palavra em português que consiga definir o que é um yokai — quando traduzida, a palavra original do japonês pode virar “assombração”, “deus”, “demônio”, “monstro”…

Como o significado é bem amplo, há algumas ocorrências onde os yokai são bonzinhos (ou quase isso!), como é o caso de InuYasha, protagonista do mangá de mesmo nome lançado em 1996 (adaptado para anime em 2000), que é um meio yokai.

InuYasha é um meio-yokai

Dentro do conjunto de criaturas, temos algumas subdivisões com nomes próprios, como, por exemplo:

  • Bakemono — seres sobrenaturais capazes de mudar de forma
  • Tsukumogami — objetos com espírito
  • Kami — deuses

Os yokai ganharam força na cultura popular japonesa através de títulos como GeGeGe no Kitaro, mangá de 1960 escrito por Shigeru Mizuki. O mangá ajudou a disseminar as criaturas misteriosas e sobrenaturais através da história de Kitaro, o último sobrevivente da Tribo Fantasma, enquanto ele se aventura junto com outros seres da mitologia japonesa e até mesmo de outros países. O título ganhou uma versão animada para a TV japonesa em 2018.

GeGeGe no Kitaro foi adaptado para anime em 2018

Títulos mais recentes como Sarazanmai (2019) e Midnight Occult Civil Servants (2019) também usam os seres míticos no centro de suas narrativas: os kappa, criaturas que se assemelham a sapos, e os tengu, que possuem um nariz alongado e são frequentemente representados por uma máscara vermelha.

Por ser um conceito bem abrangente, a Kyuuby de Naruto e até mesmo o Covinhas, de Mob Psycho, se encaixam na categoria de yokai.

Covinhas, de Mob Psycho 100, pode ser classificado como yokai

Nos games, os yokai aparecem com frequência em títulos feitos por estúdios japoneses, como é o caso da FromSoftware, da franquia Souls e Sekiro, e também em Nioh. Há também a franquia Yokai Watch, que apresenta as criaturas como monstrinhos amigáveis — mais próximo de Pokémon do que das descrições do folclore.

A escrita japonesa da palavra yokai une os ideogramas 妖 (yō), que quer dizer atraente; e 怪 (kai), de mistério — ou seja, apesar de serem misteriosas, ao invés de instigar o medo nas pessoas, esses seres as fascinam.

Oni

Oni pode ser traduzido como demônio, ogro ou troll, sendo assim, portanto, uma subdivisão dos yokai. Figura recorrente em peças de teatro, arte e literatura japonesa, os oni geralmente são representados como figuras imensas, com chifres e de pele vermelha, azul ou verde. Eles também carregam tacapes, têm dentes pontiagudos e cara de poucos amigos, além de serem fortes e ferozes.

Um clássico oni com seu bastão de ferro

É comum que algumas vilas façam um ritual de início de primavera com o intuito de afastar os oni, jogando grãos de soja do lado de fora das casas por superstição. Acredita-se que estátuas de macaco também impedem a aproximação dos demônios

As animações japonesas incluem os oni das mais variadas formas, como é o caso de Hozuki’s Coolheadedness, uma adaptação de mangá de comédia lançado em 2011 cujo protagonista vai parar no inferno e torna-se um oni.

Outra representação dessas criaturas que foge da forma clássica é em Demon Slayer, anime de 2019, no qual a irmã do protagonista torna-se um demônio, porém consegue manter a sanidade — ao menos até agora.

Além disso, temos oni nos jogos — Genji, personagem japonês de Overwatch, tem uma de suas skins inspirada nas máscaras dos demônios, e Akuma tem uma versão alternativa em Super Street Fighter IV: Arcade Edition que leva o nome de oni.

Visual de Genji inspirado nos oni

Um oni sempre será um yokai, mas um yokai pode ser muito mais do que um oni — entender o folclore e a mitologia japonesa é essencial para pegar todas as sutilezas e referências das produções, sejam elas animes, mangás, livros, música ou games.