Produtor explica por que não vê o novo filme de Halloween como um reboot

"Reboot soa muito corporativo"

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Produtor explica por que não vê o novo filme de Halloween como um reboot

A maioria dos fãs de filmes de terror estão chamando o novo filme de Halloween de “reboot”, mas o produtor Jason Blum não vê a produção desse jeito.

Em entrevista para a Variety (via MovieWeb), ele explica que não gosta do termo e imagina o longa como uma “reinvenção” na franquia.

Para as pessoas ficarem interessadas, [o filme] não pode ser um reboot. Esse termo assusta a maioria. O que estamos fazendo com Halloween, eu usaria o termo “reinvenção”. Reboot soa muito corporativo. A forma que fizemos Halloween foi algo que já tínhamos feito em outros filmes. David Gordon Green e Danny McBride não são conhecidos por filmes de terror, Jordan Peele não era antes de Corra!, então acho que tivemos êxito misturando pessoas diferentes [na equipe], mas não o filme. Ele é direto e assustador. Acredito que nós conseguimos uma voz bem original com David Gordon Green e Danny, e para mim, ter Jamie Lee Curtis e John Carpenter de volta foi o que começou tudo.

O novo Halloween vai desconsiderar os eventos de todas as continuações da franquia, com a trama ambientada 40 anos após os eventos do primeiro filme.

David Gordon Green coescreve o roteiro ao lado de Danny McBride, e também dirige o longa. O reboot de Halloween chega em 19 de outubro 2018.