Oscar não televisionará prêmios de edição e fotografia

Decisão gerou críticas de vários cineastas do meio

João Abbade Publicado por João Abbade
Oscar não televisionará prêmios de edição e fotografia

A Academia de Ciências e Artes Cinematográficas anunciou que não televisionará a entrega de quatro prêmios da 91ª edição do Oscar. Os vencedores nas categorias de edição, fotografia, visagismo e curta-metragem serão anunciados durante os comerciais da transmissão ao vivo da cerimônia. Os discursos dos vencedores serão exibidos de forma editada e resumida ao final da transmissão.

Na transmissão via streaming pela internet, o público poderá acompanhar a entrega dos quatro prêmios ao vivo e na íntegra: “Nós vamos transmitir estes quatro prêmios online para nossos fãs globais, que poderão assisti-los junto a plateia”, anunciou o presidente da Academia John Bailey.

A ausência das quatro categorias gerou críticas de muitos membros da Academia e cineastas consagrados do cinema. O atual melhor diretor do Oscar, Guillermo del Toro apontou que esse rebaixamento em categorias tão importantes é prejudicial para o cinema. “Eu não sugeriria uma categoria para cortar do Oscar, mas Fotografia e Edição são o coração do nosso ofício. Elas não foram herdadas do teatro ou da literatura: elas são o cinema em si.”, escreveu ele no Twitter.

https://twitter.com/realgdt/status/1095139999270367232?s=12

O diretor do novo Caça-Fantasmas, Jason Reitman, também criticou abertamente a decisão: “Edição é cinema”.

A cerimônia oficial do Oscar acontece em 24 de fevereiro de 2019.