“Nem sempre é sobre músculos”, diz diretor sobre aparência de Thor em God of War: Ragnarok

Eric Williams também comentou sobre a personalidade do deus nórdico, que promete ser agressiva

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia

Há algumas semanas, a Santa Monica Studios divulgou imagens dos novos personagens de God of War: Ragnarok, e o visual de Thor causou debate entre os fãs pela falta de músculos.

Agora, em entrevista para a Game Informer, o diretor Eric Williams defendeu a aparência do deus nórdico, explicando que os desenvolvedores tentaram ser mais fiéis à mitologia nórdica, enquanto a interpretação da Marvel é diferente.

“Nós só queremos que ele seja um homem grande, sabe? Existe a interpretação da Marvel que é uma coisa. E é interessante. Mas tentamos ir um pouco mais fundo na própria mitologia. [Ter uma estatura maior] oferece uma presença imediata. Nem sempre é sobre músculos. Ele é como uma parede que é um ser humano. Então, na verdade, é uma parede que é um deus e por isso é tão importante.”

Na mesma entrevista, Cory Barlog, diretor do God of War de 2018, ainda completou a fala de Williams: “Eu acho que há algo fantástico nisso de que nem tudo precisa seguir o conceito de músculos imensos para ser poderoso e intimidador”.

Por fim, Williams comentou sobre a personalidade do deus nórdico no jogo, e parece que os fãs podem esperar por um Thor que resolve todos os seus problemas com violência.

“Eu queria que ele fosse como um homem que ainda é uma criança, porque se alguém tem tanto poder e é capaz de fazer as coisas que nem ele, simplesmente não vai amadurecer. Não precisa. Ele apenas faz o que quer.”

God of War: Ragnarok tem lançamento marcado para algum momento de 2022.

Mais notícias