Como a série da Ms. Marvel muda os poderes de Kamala Khan

Heroína tem outra origem na produção do Disney+

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa
Como a série da Ms. Marvel muda os poderes de Kamala Khan

A série Ms. Marvel foi lançada no Disney+ e, desde os primeiros trailers, fãs notaram uma mudança nos poderes da personagem.

Enquanto nos quadrinhos Kamala Khan é uma transmorfa, capaz de modificar seu corpo da forma que desejar, a série mostra a personagem gerando energia cósmica.

O capítulo de estreia do seriado deu mais detalhes sobre essas mudanças e como a jovem adquire seus poderes.

[Spoilers do primeiro episódio de Ms. Marvel a partir daqui]

Protagonista da série Ms. Marvel
Iman Vellani como a Ms. Marvel

Nos quadrinhos, Kamala tem uma linhagem dos Inumanos, personagens que tiveram seus DNAs alterados há muitos séculos pelos Kree. Quando uma Névoa Terrígena envolve Jersey City, a jovem desenvolve esse potencial adormecido, tornando-se capaz de modificar o próprio corpo da forma que quiser.

No entanto, a Marvel optou por não ligar a personagem aos Inumanos. Na série de TV, Kamala quer visitar a AvengersCon com seu cosplay de Capitã Marvel, e acrescenta um detalhe próprio: um bracelete enviado por sua avó. Ao colocar o objeto em contato com o corpo, ela desenvolve a capacidade de gerar rajadas de energia e criar figuras sólidas.

O bracelete é mostrado em uma caixa com vários itens e, quando Kamala pergunta à mãe sobre ele, Muneeba Khan (Zenobia Shroff) dá uma resposta seca à filha, falando que tudo aquilo deve ser guardado no sótão. A reação da personagem indica que há um passado envolvendo a família e o objeto, ligando os poderes da heroína com sua origem paquistanesa.

Ainda que seja necessário explicar vários detalhes sobre o bracelete e suas propriedades mágicas, relacionar os poderes de Kamala com algo que remete à sua família é uma solução satisfatória, uma vez que o estúdio optou por mudar a origem da personagem. Com a escolha, Ms. Marvel pode falar mais sobre a família Khan, sobre a cultura paquistanesa e até sobre seus antepassados. É uma mudança drástica em comparação com os quadrinhos, mas que tem grandes chances de funcionar, caso seja desenvolvida da forma certa.

Primeiro episódio de Ms. Marvel
Poderes da Ms. Marvel na série estão ligados a bracelete misterioso

Quanto aos poderes em si, há muita polêmica envolvendo o fato de Kamala não ser capaz de alterar o próprio corpo. Nos quadrinhos, tal característica é importante porque remete ao momento da adolescência que a personagem está passando. Há um paralelo claro entre a puberdade e o surgimento dos poderes de Kamala, que muitas vezes se vê confusa com o que o próprio corpo está fazendo.

Em uma entrevista de 2018, a cocriadora da personagem, G. Willow Wilson, afirmou que a criação dos poderes de Kamala foi uma das partes mais difíceis do trabalho, explicando que queria algo diferente dos heróis que já existiam:

“Eu sabia desde o começo que não queria que ela tivesse poderes brilhantes, flutuantes e bonitos. Já existiam muitos desses. Eu realmente queria algo cinético, um pouco mais estranho, que fosse realmente divertido de ver e se comunicasse bem nas páginas.”

Ao retomar a entrevista, fica claro por que os fãs não gostaram da mudança, já que o Disney+ fez exatamente o que a criadora não gostaria no começo. Apesar disso, a adaptação dos poderes em Ms. Marvel mantém muitas das características dos quadrinhos. Na primeira vez em que cria as rajadas de energia, Kamala não sabe exatamente o que fazer com elas e comete erros – remetendo à já citada estranheza com o próprio corpo.

É importante lembrar que o MCU tem um histórico de adaptar informações dos quadrinhos de acordo com as necessidades para o cinema e streaming. Isso aconteceu com a Guerra Civil, com a saga Desafio Infinito, e agora com a Ms. Marvel. Como a tentativa de apresentar os Inumanos em 2017 não deu muito certo, é justificável que a Marvel busque outra forma de apresentar a personagem. Além disso, mostrar a personagem esticando o próprio corpo poderia gerar alguma confusão com os fãs do cinema, já que o estúdio pretende apresentar em breve o Quarteto Fantástico e Reed Richards, que tem um poder semelhante.

Dependendo de como a origem do bracelete for desenvolvida, também será mais fácil incluir essa trama no filme The Marvels, que vai reunir Kamala com Carol Danvers (Brie Larson) e Monica Rambeau (Teyonah Parris).

Com mais cinco episódios para esclarecer por completo a origem da personagem, Ms. Marvel ainda tem muito a explicar. Apesar disso, a mudança de poderes da personagem ocorreu, até o momento, de uma forma que faz sentido com as produções do cinema e da TV e não tira as características principais da personagem. Agora é torcer que continue assim.

Ms. Marvel tem episódios inéditos lançados às quartas-feiras no Disney+.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1