Filme brasileiro ganha principal prêmio paralelo do Festival de Cannes

Longa de Karim Aïnouz é protagonizado por Fernanda Montenegro e Carol Duarte

João Abbade Publicado por João Abbade
Filme brasileiro ganha principal prêmio paralelo do Festival de Cannes

Pela primeira vez na história, um filme brasileiro venceu a mostra “Um Certo Olhar”, considerada o principal prêmio paralelo ao oficial no Festival Internacional de Cannes. A Vida invisível de Eurídice Gusmão é a coprodução entre Brasil e Alemanha que se consagrou vitoriosa e tem no elenco Fernanda Montenegro e Carol Duarte dividindo o papel da protagonista Eurídice. A obra premiada dirigida por Karim Aïnouz (Madame Satã) narra a trajetória de duas irmãs cariocas no início dos anos 50, que tem vários dos seus sonhos seguidamente soterrados por imposições de uma sociedade machista.

“Nós estamos passando por algo no Brasil agora que é muito muito difícil, e que tem algo a ver com intolerância”, declarou o diretor em entrevista ao The Hollywood Reporter.

A Vida invisível de Eurídice Gusmão é embasado no livro homônimo de Martha Batalha e o terceiro longa lançado por Aïnouz em sua carreira. Além das duas protagonistas, o elenco ainda conta com Júlia Stockler, Gregório Duvivier, Marcio Vito e Nikolas Antunes.

O longa que conta com roteiro de Murilo Hauser não tem data para chegar ao Brasil. Já a mostra “Um Certo Olhar” é uma competição extraoficial à Palma de Ouro e normalmente celebra obras com linguagem experimental de diretores ainda não consagrados internacionalmente.

Confira o trailer abaixo: