Esquadrão Suicida de James Gunn será um reboot total, confirma produtor

Peter Sanfran diz que filme nem se chamará Esquadrão Suicida e condena a rivalidade entre Marvel e DC

João Abbade Publicado por João Abbade
Esquadrão Suicida de James Gunn será um reboot total, confirma produtor

Esquadrão Suicida 2 é um reboot completo da franquia e não terá nada que se refia a ele como uma sequência; nem mesmo o seu título oficial, afirma o produtor Peter Sanfran em entrevista ao site Joblo. “Nós não chamamos de Esquadrão Suicida 2 porque é um reboot completo, por enquanto é O Esquadrão Suicida e acho que as pessoas deveriam estar empolgadas para esse filme”

Sanfran comenta que o longa tem tudo que você espera de um roteiro de James Gunn, deixando claro que a Warner deu liberdade para o cineasta impor sua assinatura cinematográfica. A vinda de um diretor consagrado na Marvel para a DC empolgou os ânimos da empresa e elevou a expectativa interna após o fracasso de crítica do primeiro Esquadrão Suicida.  “[Ter um roteiro do James Gunn] traz muitas promessas e eu acho que nós vamos entregar muitas!”, salienta o executivo.

Na última sexta-feira (15), Gunn foi reinstalado como diretor na Marvel após sua demissão abrupta em junho de 2018 (precedida de tuítes polêmicos do diretor — entenda). O produtor da Warner Bros. não vê problema em Gunn comandar filmes também na concorrente — classificando a rivalidade entre fãs da Marvel e DC como algo “absurdo”.  Ele espera que os apreciadores de filmes de quadrinhos assistam aos filmes das duas editoras e se divirtam com ambos — aproveitando o melhor dos dois mundos: “Esperamos que você seja um fã da Marvel e da DC e que o mundo não saia do eixo”, finaliza.

O que eu mais amo sobre o James [Gunn] dirigir tanto para a Marvel quanto para a DC é que ele sempre adotou a visão de que aquilo que nos une é muito maior do que o que nos divide como filmes de super-heróis. Sempre existiu essa rivalidade de Marvel/DC e o James bem disse, e eu concordo, quando falou que isso absurdo. Há espaço para todos e, certamente, o que nos une é muito maior do que o que nos divide. Por isso esperamos que você seja um fã da Marvel e da DC e que o mundo não saia do eixo.

A nova versão do supergrupo será escrita e dirigida por James Gunn (Guardiões da Galáxia) e não será uma sequência direta do filme de 2016. Ao invés disso, o cineasta usará o filme como um novo posicionamento para o grupo no universo DC — com um elenco completamente novo e um tom mais engraçado e divertido.

Entre os personagens que estão sendo especulados no longa estão:  Caça-Ratos, também conhecido como Otis Flannegan, um vilão que adora aterrorizar os outros com gás venenoso; Tubarão Rei, que é um tubarão humanoide, conforme o próprio nome sugere; Colcha Louca, que consegue criar bolinhas coloridas em seu corpo e pode usar elas como projéteis e, por fim, o Pacificador, também conhecido por Christopher Smith, que é alguém tão obcecado com pacifismo que até mataria por isso. Além dos quatro, o filme deve ter o retorno de Arlequina (interpretada por Magot Robbie) e Pistoleiro (que deve ter Idris Elba substituindo Will Smith.)

A Warner já havia encomendado uma versão do roteiro de Esquadrão Suicida para David Bar Katz (Freak) e Todd Stashwick (Gotham). Antes deles, o próprio antigo diretor do filme, Gavin O’Connor, ia assinar uma outra versão do roteiro. Todas essas versões anteriores foram arquivadas agora que Gunn assumiu o controle criativo total do filme.

Esquadrão Suicida 2, que ainda não tem um nome oficial, chega aos cinemas norte-americanos em 6 de agosto de 2021. Depois dessa empreitada, Gunn retorna à Marvel para dirigir Guardiões da Galáxia Vol. 3.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1