CEO da Activision Blizzard anuncia medidas que serão tomadas após acusações de assédio

Bobby Kotick fez seu primeiro pronunciamento sobre o caso

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
CEO da Activision Blizzard anuncia medidas que serão tomadas após acusações de assédio

Após a Activision Blizzard ser acusada de assédio e discriminação em um processo judicial na última quinta (22), o CEO Bobby Kotick fez seu primeiro pronunciamento sobre o caso, anunciando medidas que serão tomadas. As informações são da GamesIndustry.biz.

Segundo a declaração de Kotick, o escritório de advocacia WilmerHale foi contratado para revisar as políticas da empresa, sendo uma tentativa de tornar o local de trabalho mais “respeitoso e inclusivo”. Esses advogados também estão disponíveis para os funcionários que quiserem relatar novos casos.

Já a equipe de recursos humanos da empresa está sendo reforçada para oferecer suporte às vítimas e analisar os casos que foram reportados, “sem hesitar em tomar ações decisivas”. E uma análise geral dos gerentes e líderes será feita.

Outras ações incluem espaços especiais para os funcionários poderem sugerir mudanças, com o intuito de melhorar a cultura de trabalho da empresa, e remoção de conteúdo inapropriado de jogos da Activision Blizzard — apesar do tipo de conteúdo não ter sido especificado.

Todas as medidas serão de efeito imediato.

Por fim, Kotick assume que as primeiras declarações oficiais sobre o processo, que negaram todas as acusações, foram inapropriadas e garante que uma nova postura será tomada.

“Nossas respostas iniciais aos problemas e às suas preocupações foram, sinceramente, ignorantes. É obrigatório que a gente reconheça e respeite os sentimentos daqueles que foram maltratados de alguma forma. Lamento que não fornecemos empatia e compreensão adequadas. Estamos agindo rapidamente para ser a empresa compassiva e atenciosa […] e garantir um ambiente seguro. Não há espaço em nossa empresa para discriminação, assédio ou tratamento desigual de qualquer tipo”, finalizou o CEO.

Os funcionários da Activision Blizzard estão em greve nesta quarta-feira (28), em protesto à postura da empresa após o início do processo.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1