Cemitério Maldito é a adaptação da obra mais perturbadora de Stephen King

Às vezes estar morto é melhor

Redação NerdBunker Publicado por Redação NerdBunker
Cemitério Maldito é a adaptação da obra mais perturbadora de Stephen King

Em 1983, Stephen King, o autor de It: A Coisa, publicou o livro que ele mesmo considera o mais assustador de toda a sua carreira: O Cemitério. Assim como diversas obras do escritor, O Cemitério também foi adaptada para os cinemas, e o resultado chega às telonas em 9 de maio, com o filme Cemitério Maldito.

A trama gira em torno da família Creed, que se muda para uma propriedade rural e se surpreende com um misterioso cemitério de animais perto da casa. Quando o gato dos Creed morre de forma trágica, eles descobrem que as coisas que são enterradas no cemitério voltam à vida, mas de uma maneira diferente. Nada é o que parece: às vezes estar morto pode ser melhor.

Confira o trailer abaixo:

Em toda a sua carreira, King já escreveu 58 romances, 11 coletâneas e 6 livros de não ficção, contando, principalmente, histórias de terror. Mesmo com todo uma carreira tão prolífica, o autor deixa claro que nenhuma de suas obras o perturbou tanto quanto O Cemitério.

“Eu me diverti muito escrevendo esse livro”, conta King à Entertainment Weekly. “Quando eu li, pensei que aquilo era muito tenebroso. Não que fosse mal escrito, mas era tão assustador quanto poderia ser, toda aquela coisa sobre a morte de crianças”, explica.

Ao terminar de escrever o livro, King não queria publicá-lo, achando que a história tinha ultrapassado todos os limites aceitáveis de terror. Porém, um contrato com sua editora na época fez com que ele enviasse o manuscrito para lançamento. “Se não fosse isso, ele ainda estaria em uma gaveta”, diz.

Para criar essa história, Stephen King se baseou em elementos de sua própria vida. Church, o icônico gato dos Creed enterrado no Cemitério Maldito, foi baseado em Smucky, um dos bichinhos de estimação que a família do autor teve nos anos 70 e que realmente morreu atropelado por um caminhão. “Tudo que aconteceu no livro até o começo do sobrenatural realmente aconteceu”, explica o escritor. Já as máscaras assustadoras que as crianças usam (e que aparecem no trailer) são elementos exclusivos do filme.

Apesar de King não ter envolvimento direto na produção, o autor aprovou o filme, tecendo muitos elogios em uma entrevista à EW:

É bom demais! É um filme realmente bom. É um filme adulto. Não é como aqueles filmes em que 12 adolescentes morrem em um acampamento de verão.

Além da aprovação do escritor, Cemitério Maldito está recebendo críticas positivas no exterior, com um texto editorial do Rotten Tomatoes chamando o filme de “uma das melhores adaptações de Stephen King”.

Cemitério Maldito é dirigido pela dupla Kevin Kölsch e Dennis Widmeyer, e chega aos cinemas em 9 de maio.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1