O mito da raposa de nove caudas na cultura pop

Entidade aparece com frequência na mitologia chinesa, coreana e japonesa e em obras que ganharam o mundo

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
O mito da raposa de nove caudas na cultura pop

O espírito da raposa é bastante conhecido por alguns nomes, como: huli jing, kitsune ou gumiho, na China, Japão e Coreia, respectivamente. A raposa é um personagem frequente em contos e mitos do folclore dos três países.

Embora as versões japonesa e chinesa coloquem a raposa de nove caudas como neutra, podendo ser boa ou má, na versão coreana a entidade é frequentemente apresentada como maligna, devoradora de corações ou fígados humanos. Em coreano, a raposa leva o nome de gumiho (구미호).

Assim como a hoshi no tama da versão japonesa, esta versão da criatura possui o yeowoo guseul (여우구슬), uma bolinha que dá poderes ao animal, além de ser capaz de sugar a energia vital de humanos. Um dos meios mais comuns que a gumiho tem de roubar essa energia é com um beijo, colocando o yeowoo guseul na boca da vítima e pegando-a de volta.

yeowoo guseul também pode ser utilizado por humanos, embora não seja algo fácil de fazer. Para isso, a pessoa deve engolir a bolinha antes que a gumiho seja capaz de recuperá-la e observar “o céu, a terra e as pessoas”, recebendo conhecimento referente a cada um dos itens observados. Na maioria dos contos, porém, a pessoa não é capaz de observar o céu e acaba ficando sem uma das habilidades mais importantes.

Na cultura coreana, acredita-se que a gumiho pode se disfarçar, mas que sempre fica com alguma característica — um rosto cujas feições lembram as de uma raposa, como olhos estreitos, ou não consegue esconder suas nove caudas o tempo todo.

Vale citar também que a raposa de nova caudas está presente no Vietnã. Por lá, a criatura ganha o nome de Ho Tinh, e antagoniza uma lenda sobre o herói Lac Long Quân, que é tido como o patriarca de todo o país. No conto, reproduzido pelo site The Culture Trip, Ho Tinh era um monstro que viveu por mais de mil anos em uma caverna, engando pessoas para que elas entrassem em seu território e torturando-as para se alimentar delas depois. Lac Long Quân foi enfrentar a criatura, obrigando-a a assumir sua verdadeira forma de raposa de nove caudas gigante e derrotando-a após uma batalha que durou três dias.

Representações famosas

Uma das representações mais famosas é em Naruto: a Kyuubi, demônio que está selado dentro do jovem protagonista, é uma manifestação da raposa de nove caudas, sábia e de vida longa, mas que não é inteiramente boa, nem ruim, apenas muito poderosa.

A personagem Ahri, de League of Legends, possui as características de uma gumiho, e suas habilidades fazem referência aos poderes frequentemente associados à entidade: uma bola de energia que rouba vitalidade dos inimigos e uma que os atrai para si.

Ahri, de League of Legends, é uma bela mulher com nove caudas

Outra representação da raposa de nove caudas é no k-drama Tales of the Nine Tailed, que se diferencia por mostrar um gumiho homem, quando a maior parte das vezes temos a entidade assumindo a forma de mulher tanto na mitologia quanto nas produções.

Treinadores Pokémon já devem ter se deparado com Vulpix e Ninetales, dois monstrinhos apresentados na primeira geração, que possuem poderes de fogo e que podem aprender movimentos psíquicos e fantasmas — o que condiz com as lendas, se levarmos em conta que kitsunes anciãs podem assumir uma forma espiritual.

Na primeira temporada da série Lovecraft Country, é revelado que uma das personagens possui o espírito de gumiho, e que, em troca da proteção da entidade, deve coletar o espírito de mil homens.

O episódio Boa Caçada, da antologia de animações Love, Death & Robots, gira em torno da relação entre uma huli jing e um jovem rapaz, criando uma história sobre vingança em cima das lendas originais do espírito da raposa.

A versão da gumiho representada na webtoon de The God of High School mostra uma raposa que viveu muito e serviu aos deuses, mas que, apesar disso, era temida por eles e acabou exilada. O exílio causa revolta na raposa, que resolve ir atrás de justiça com as próprias mãos contra os deuses que a prejudicaram.

A raposa de nove caudas também está presente no game Roblox. Uma skin inspirada na entidade foi implementada no jogo após vencer um concurso de designs em 2018. O nome Tenko faz referência às kitsunes mais poderosas, que conquistam a nona cauda e passam a ter pelagem dourada, ascendendo aos céus e podendo ver até mil anos no futuro.

A lista de representações poderia ser muito mais longa, mas já deu para entender o ponto.

Seja em sua versão mais poderosa ou na versão que quer apenas zoar com a cara dos humanos, a multifacetada raposa de nove caudas consegue fazer tanto o papel de vilã quanto de mocinha, em lendas da mitologia ou nas produções ao redor do mundo. Conhecendo-a melhor, cabe a você decidir se fica mais difícil (ou mais fácil!) de cair em seus encantos.

Mais notícias