Pirataria de Viúva Negra pode ter custado US$ 600 milhões aos cofres da Disney, diz site

Fontes estimam que longa foi pirateado 20 milhões de vezes

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa
Pirataria de Viúva Negra pode ter custado US$ 600 milhões aos cofres da Disney, diz site

De acordo com o Deadline, os downloads ilegais de Viúva Negra podem ter custado US$ 600 milhões aos cofres da Disney.

O site publicou uma extensa matéria falando sobre o cenário dos filmes em 2022, e ressaltou os problemas que aconteceram em 2021. Entre eles, o Deadline afirma que lançar o longa simultaneamente no streaming e nos cinemas não foi um bom negócio para o estúdio.

Fontes afirmaram ao site que, após o lançamento na plataforma, cópias em alta qualidade e em diversos idiomas foram lançadas na internet, fazendo o longa ser pirateado cerca de 20 milhões de vezes – quantidade que faria o estúdio arrecadar cerca de US$ 600 milhões a mais com o filme.

Imagem de Viúva Negra
Scarlett Johansson e Florence Pugh em Viúva Negra

O site também cita a ação movida por Scarlett Johansson, que processou a Disney ao afirmar que tinha perdido dinheiro com a estreia simultânea no cinema e streaming. Eventualmente, no entanto, a empresa e a atriz entraram em acordo e ela já anunciou novos projetos na Marvel.

Viúva Negra arrecadou US$ 379 milhões em bilheteria nos cinemas, e está disponível no catálogo do Disney+.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1