Tarantino pede voto de silêncio daqueles que assistirem Era Uma Vez em Hollywood

Exibição no Festival de Cannes será feita meses antes da estreia oficial do longa

João Abbade Publicado por João Abbade
Tarantino pede voto de silêncio daqueles que assistirem Era Uma Vez em Hollywood

Entrando na onda dos Irmãos Russo e do Marvel Studios, o cineasta Quentin Tarantino divulgou uma carta aberta pedindo o voto de silêncio para todos aqueles que assistirem seu novo filme, Era Uma Vez em Hollywood, no Festival de Cannes. O nono longa do diretor americano é um dos mais esperados da mostra, mas só estreia em circuito comercial nos próximos meses — o que fez com que Tarantino implorasse para que ninguém espalhe detalhes da trama: “Eu amo cinema. Você ama cinema. É a jornada de descobrir uma história pela primeira vez. Só posso pedir que todos evitem revelar qualquer coisa que mude a experiência dos outros com o filme”, escreveu o diretor na sua carta.

Eu estou empolgado de estar aqui em Cannes para compartilhar Era Uma Vez em Hollywood com o festival. O elenco e a equipe tralharam duro para criar algo original e eu só posso pedir que todos evitem revelar qualquer coisa que mude a experiência dos outros com o filme.

Era Uma Vezem em Hollywood estreia no Festival de Cannes nesta próxima terça (21), data em que se comemora 25 anos desde que Tarantino levou seu cultuado Pulp Fiction: Tempo de Violência para o mesmo Festival de Cannes (na época, ele ganhou a Palma de Ouro — o principal prêmio da Mostra).

https://www.instagram.com/p/Bxr29ygB_oI/

Diferente de todos os outros filmes de Quentin Tarantino desde Jackie Brown, o roteiro de Era Uma Vez em Hollywood não vazou na internet. Por conta disso os detalhes sobre a trama são muito mais escassos do que em produções anteriores — algo que justifica o envio da carta pedindo o silêncio daqueles que assistirem ao filme antes da estreia. O diretor descreve seu próprio longa como uma história sobre a Hollywood hippie de 1969, indo desde a queda do gênero faroeste até o assassinato da atriz Sharon Tate.

Estrelando a produção estão Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, que aqui interpretam Rick Dalton — um ator que viveu seus anos de glória em séries de faroeste na TV americana — e Cliff Booth, o dublê afrontoso e melhor amigo de Dalton. Ambos estão na pior fase das suas carreiras e não conseguem empregos na indústria cinematográfica após a queda vertiginosa do gênero faroeste. Mas Dalton tem uma vizinha famosa que pode ajudar a mudar todo esse panorama e alavancar suas carreias. Essa vizinha é a atriz Sharon Tate (interpretada por Margot Robbie), que acabaria sendo morta meses depois pelo culto do psicopata Charles Manson.

Estes são os personagens principais do filme, mas a trama em si segue nebulosa mesmo após a divulgação do primeiro trailer.

Além dos três protagonistas, Dakota Fanning (The Alienist), Kurt Russell (Guardiões da Galáxia vol. 2), Luke Perry (Riverdale), Al Pacino (Poderoso Chefão) e Tim Roth (Oito Odiados) compõe o fortíssimo elenco de apoio do filme.

Era Uma Vez Em Hollywood está definido para estrear em circuito comercial nos Estados Unidos no dia 26 de julho de 2019. Já no Brasil, a estreia fica para o dia 15 de agosto.