Sites piratas arrecadaram mais de R$ 17 milhões com publicidade

Estudo feito entre agosto de 2015 e agosto de 2016

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Sites piratas arrecadaram mais de R$ 17 milhões com publicidade

Os dez sites de pirataria de filmes mais acessados pelos brasileiros entre agosto de 2015 e agosto de 2016 geraram mais de R$ 17 milhões de receita em visualizações de anúncios, segundo pesquisa do IBOPE Repucom.

A pesquisa foi solicitada pela Motion Picture Association – América Latina (MPA-AL) e leva em conta apenas os anúncios feitos em sites de pirataria audiovisual. Os sites piratas apresentam um grande número de acessos mensalmente — 135,3 milhões de visitas por mês em 2016 — e por isso acabam entrando no portfólio de redes nacionais e internacionais de propaganda online.

O IBOPE chegou aos R$ 17 milhões levando em conta o custo por mil (CPM) médio dos banners dos sites em questão, que é a medida adotada para estipular o custo por mil visualizações do banner. A página que coloca a propaganda recebe por clique no anúncio.

Um outro estudo, feito na Europa, revelou que a pirataria não influencia tanto no volume final das vendas de filmes para o consumidor final.