Sequências de Avatar têm as gravações suspensas em decorrência do coronavírus

O produtor Jon Landau preferiu atrasar as filmagens por tempo indeterminado

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Sequências de Avatar têm as gravações suspensas em decorrência do coronavírus

As gravações das sequências de Avatar foram paralisadas por tempo indeterminado em decorrência do novo coronavírus. A produção aconteceria em Wellington, a capital da Nova Zelândia, mas foi suspensa.

Em entrevista ao New Zealand Herald, o produtor dos longas, Jon Landau, explicou que as filmagens que aconteceriam a partir de abril serão atrasadas por tempo indeterminado, mas os trabalhos com efeitos visuais continuarão.

Adiamos [a produção]. Nós tínhamos planos de ir na sexta-feira à noite [para a Nova Zelândia] com um grupo de pessoas, mas tomamos a decisão de adiar e continuar trabalhando aqui [em Los Angeles] e ir para lá um pouco mais tarde do que planejamos. Estamos no meio de uma crise global e não é sobre a indústria cinematográfica. Acredito que todos têm que fazer o que podem para diminuir a curva do coronavírus.

O produtor afirmou que dará uma atualização sobre o avanço da produção todos os dias.

Recentemente, o governo da Nova Zelândia começou a exigir que qualquer pessoa que entre no país fique em isolamento por 14 dias. A medida é uma tentativa de conter o avanço do covid-19.

Avatar, dirigido por James Cameron, ocupou a primeira posição por 10 anos com a marca de US$ 2.788 bilhões em bilheteria mundial.

A gravação da primeira sequência já foi finalizada e deve chegar aos cinemas em dezembro de 2021, nos Estados Unidos. Já Avatar 3 chega às telonas em dezembro de 2023. Se forem confirmados, os filmes 4 e 5 chegam em dezembro de 2025 e de 2027, respectivamente. A trama dos novos longas ainda não foram reveladas.