Roteirista do live-action de One Piece fala sobre o humor da adaptação

Matt Owens, o roteirista, trabalhou em séries como Luke Cage e Os Defensores

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Roteirista do live-action de One Piece fala sobre o humor da adaptação

Ainda não temos muitas informações sobre o live-action de One Piece, suas gravações ou elenco, mas o roteirista da série, Matt Owens, falou um pouco sobre o que podemos esperar da adaptação da Netflix.

Owens, que trabalhou anteriormente em séries como Luke Cage, Os Defensores e Agentes da S.H.I.E.L.D., declarou-se fã da obra original e disse que é sua “série favorita”, contando também que se encontrou com Eiichiro Oda, o criador do mangá.

O roteirista também comentou sobre o humor da obra original e como estão tentando adaptá-lo na nova versão durante o podcast The Reverie:

One Piece é muito engraçado, e é muito importante que tenha comédia, mas parte dessa comédia é bem oriental. Parte dela, sem ofensas, pode ser um pouco infantil, então como você mantém o humor como parte da série? Esse é um dos maiores desafios. Há humor, a série será engraçada. Um dos maiores pontos quando estávamos começando foi tentar — é impossível, mas — tentar resumir One Piece em três elementos importantes é que a obra faz você rir, faz você chorar e faz você dizer “p*ta m*rda”. Se houver um desses elementos em todos os episódios, vamos ter feito nosso trabalho.

Owens, e posteriormente a conta NX on Netflix no Twitter, confirmou que a primeira temporada da série live-action de One Piece seguirá a Saga do East Blue, ou seja, os primeiros 61 episódios do anime.

O estúdio responsável pela adaptação é o Tomorrow Studios, o mesmo que está trabalhando no live-action de Cowboy Bebop, que também será lançado na plataforma. Ainda não há previsão de lançamento.