Robert Pattinson achava que Crepúsculo seria um filme indie

Mal sabia o ator que ele estava bem errado

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Robert Pattinson achava que Crepúsculo seria um filme indie

O nome de Robert Pattinson está em alta nos últimos tempos desde que foi anunciado como o novo ator a viver o Batman nos cinemas. E, quando o anúncio foi feito, muitos fãs se lembraram do início da carreira de Pattinson que, além de ter vivido Cedrico Diggory em Harry Potter e o Cálice de Fogo, ganhou a fama ao interpretar Edward Cullen, o protagonista da saga Crepúsculo.

Os quatro filmes da série adolescente foram um sucesso na época de seus lançamentos e ajudou a carreira tanto de Pattinson, como de Kristen Stewart, a Bella do longa, par romântico de Edward.

Em uma recente conversa com a cantora Jennifer Lopez, durante o Variety Studio: Actors on Actors, o ator revelou detalhes sobre a saga Crepúsculo.

Lopez comentou que soube da existência de Pattinson justamente por causa da série de filmes, que acabaram tendo grande sucesso mundialmente.

Quer dizer, Crepúsculo não era uma coisa realmente estabelecida até então. Para mim, era uma obra da diretora Catherine Hardwicke, que havia feito Aos Treze e Os Reis de Dogtown. Eles eram filmes pequenos e eram meio que pesados. Kristen [Stewart] também estava no assunto; ela esteve em Na Natureza Selvagem e em outras coisas. Tudo era muito indie.

Jennifer Lopez questionou o ator se ele imaginava então que a saga sobre vampiros seria no estilo do filme Os Garotos Perdidos (1988); considerado cult e indie.

Exatamente. Na verdade, Crepúsculo tem uma história esquisita. É estranho como as pessoas responderam a ele. Eu acho que os livros eram bem românticos, mas ao mesmo tempo não era como Diário de Uma Paixão. Crepúsculo é sobre um cara que acha uma garota ele quer estar com ela, mas também se alimentar dela. Bom, não se alimentar, mas tomar seu sangue, enfim. Eu achei uma história bem estranha. Mesmo quando eu estava promovendo o filme, sempre deixei muito claro de como eu achava que o filme era muito esquisito enquanto eu estava fazendo ele. Depois disso, não foi uma ideia consciente de fazer produções menores. Eu apenas continuei fazendo o que eu gostaria e colocando essa coisas em primeiro lugar.

Robert Pattinson realmente mudou o rumo de sua carreira depois que deixou Edward Cullen para trás. De vampiro para Homem Morcego, o ator estrelou o filme Cosmopolis, do David Cronenberg, longa que o fez ser muito elogiado pela crítica.

Antes de The Batman ser lançado, em 25 de junho de 2021, Pattinson estrelará dois grandes filmes: o suspense O Farol, ao lado de Willem Dafoe, com estreia marcada para 2 de janeiro no Brasil, e Tenet, o mais novo longa de Christopher Nolan que chega aos Estados Unidos em 17 de julho de 2020.