Obi-Wan Kenobi estreia focando em momento sombrio da Galáxia e do Jedi

Dois primeiros episódios da série fazem um paralelo entre a falta de fé do protagonista e a esperança de uma nova geração

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa
Obi-Wan Kenobi estreia focando em momento sombrio da Galáxia e do Jedi

É comum que a ficção seja tratada como uma válvula de escape. Afinal, ao assistir filmes e séries, a ideia é esquecer um pouco os problemas cotidianos e embarcar em uma nova realidade. Embora isso seja verdade, as obras com maior destaque nesse meio são aquelas que conseguem mesclar a apresentação de um mundo fantástico, com uma pitada de realidade. Isso é parte do apelo de Obi-Wan Kenobi, nova série de Star Wars, cujos dois primeiros episódios já estão disponíveis no Disney+.

A trama começa focando na solidão de Obi-Wan (Ewan McGregor) e como ele se tornou alguém sem esperança após ver a derrota dos Jedi e perder seu amigo e aprendiz, Anakin Skywalker. O que chama a atenção logo de início é como o protagonista deixou para trás os ensinamentos da ordem de cavaleiros da Galáxia. A vida do ex-Jedi é resumida em ir para um trabalho simples, ver injustiças por todos os lados e voltar para casa ao final do dia, com a expectativa de esquecer os demônios que o perseguem. Ainda que esteja em uma Galáxia muito, muito distante, Obi-Wan retorna para sua série solo mais como um homem comum, do que como um herói da Força.

Nesse momento, é claro, surge um chamado à aventura que o faz deixar o exílio, ainda que a contragosto. A escolha da missão é, no mínimo, inusitada e tem o potencial de dividir a opinião dos fãs. Por um lado, é a oportunidade de desenvolver o passado de um querido personagem. Por outro, pode parecer um retcon (alteração de fatos previamente estabelecidos na trama) que precisará de uma justificativa maior posteriormente. Ainda assim, não há como negar a surpresa e emoção ao ver um nome tão querido de Star Wars de volta.

Reva (Moses Ingram), nova personagem de Obi-Wan Kenobi
Reva (Moses Ingram), nova personagem de Obi-Wan Kenobi

A jornada de Obi-Wan em oposição à tal personagem reflete um paralelo feito constantemente na nova série: a falta de fé em contradição com a esperança de uma nova geração. À todo momento, o seriado relembra os fãs que o Império é a maior força no momento, e que há um desânimo geral, especialmente entre os menos abastados, constantemente ameaçados pelos Inquisidores. Os vilões, que caçam os remanescentes da ordem Jedi, são realmente assustadores e o destaque é para Reva (Moses Ingram), que tem uma obsessão ainda não explicada por Obi-Wan. Em poucas cenas, a personagem deixa claro que não tem nada a perder e que deve ter um motivo muito grande para querer capturar o protagonista a qualquer custo.

Em seus dois episódios de estreia, Obi-Wan Kenobi também entrega cenas de ação e luta, com destaque para Obi-Wan entrando em confrontos corporais sem utilizar a Força. O maior foco disso é no segundo capítulo, que já mostra o ex-Jedi em um novo lugar da Galáxia. Assim como outras séries de Star Wars, a nova produção aproveita parte de seu tempo para expandir ainda mais a franquia, mostrando que há muito o que se explorar neste universo.

Com mais quatro episódios pela frente (que serão lançados às quarta-feiras), Obi-Wan Kenobi mostra um momento agridoce na vida de um dos maiores personagens de Star Wars. A série repete algumas fórmulas de sucesso de produções recentes da franquia (alô, “personagem fofo que faz dupla com o protagonista e rouba a cena”), mas tem muito potencial, especialmente ao mostrar como Obi-Wan deixou de ser alguém que não acreditava em nada, para se tornar o futuro mentor da nova esperança da Galáxia.

Obi-Wan Kenobi é lançada exclusivamente no Disney+.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1