O Escolhido | Série brasileira de terror da Netflix vai mostrar debate entre fé e ciência

Com trama sobrenatural, programa é escrito por Raphael Draccon e Carolina Munhóz

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
O Escolhido | Série brasileira de terror da Netflix vai mostrar debate entre fé e ciência

O Escolhido, primeira série brasileira de suspense sobrenatural da Netflix, vai estrear em 2019. Em painel promovido pela plataforma de streaming, os roteiristas Raphael Draccon e Carolina Munhóz; e os atores Paloma Bernardi e Renan Tenca falaram um pouco sobre o que está por vir.

A série é uma adaptação nacional da produção mexicana Niño Santo. A trama acompanha um grupo de médicos que vai ao Pantanal para vacinar uma pequena vila contra uma mutação do vírus Zika. Os moradores do local, porém, recusam a ajuda, e logo eles percebem que isso se deve por conta da influência de um misterioso líder religioso que promove curas espirituais. Com o desenrolar da narrativa, eles vão se envolvendo em uma teia de segredos que se tornam cada vez mais sinistros.

Um dos temas principais que a série abordará é a discussão entre a fé e a ciência. “Não como um confronto”, diz a atriz Paloma Bernardi. “Mas como dois pilares muito fortes que se complementam. Eu acho que isso é o que me pega mais na série como um todo, e que até me fez aceitar participar do projeto”, completa.

Para Draccon, essa discussão também vai ser parte da experiência dos espectadores, já que, dependendo das crenças de cada um, a narrativa se apresentará de uma maneira diferente:

Essa história poderia ser encarada como uma história de fantasia,  dependendo de como você vê alguns dos acontecimentos. E isso é uma coisa que fascinou a gente, saber que temos essas lendas, podemos explorar e tudo mais, mas também podemos deixar no ar. Dependendo da crença que você tem, você vai ver a série de uma maneira completamente diferente.

Outro ponto discutido no painel diz respeito ao fato da série sair do eixo Rio-São Paulo e ser ambientada no Pantanal. A gente quis mostrar para os brasileiros e para o mundo inteiro as nossas belezas e os nossos mistérios”, diz Munhóz.

Essa mistura da fé religiosa com o folclore é algo muito rico no Brasil, e o bacana de O Escolhido é que nós mostramos a fé. Cada um tem a sua. Quando você assiste, pode identificar a sua própria, ou então com a fé do outro, e essa é uma discussão legal de se ter, completa.

Por enquanto, O Escolhido não tem data de estreia definida na Netflix, e só se sabe que a série chega em algum momento de 2019.