Neon Genesis Evangelion | Um guia básico para o universo de Evangelion

Leia antes de cair de cabeça em Tokyo-3

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Neon Genesis Evangelion | Um guia básico para o universo de Evangelion

Neon Genesis Evangelion começou a ser exibido na televisão japonesa em 1995, e desde então conquistou fama mundial com suas batalhas intensas de “robôs gigantes” contra Anjos do mal, questionamentos sobre a humanidade e uma trama que mostra o processo de amadurecimento de um adolescente.

Seu nome em japonês é Shinseiki Evangelion, algo como O Evangelho do Novo Século, em tradução livre para português. O anime foi dirigido por Hideaki Anno, que trabalhou com o lendário Hayao Miyazaki antes de fundar seu próprio estúdio, chamado de Gainax.

A série animada clássica, na íntegra com seus 26 episódios, e dois filmes clássicos da franquia chegaram à Netflix, e aqui contamos tudo o que você precisa saber antes de embarcar nessa jornada — incluindo em qual ordem assistir.

Comece pelo anime

Os episódios do anime de Evangelion estrearam em 1995 e foram veiculados até 1996. Os 26 episódios da saga mostram a Terra devastada por Impactos, eventos de destruição massiva causados por Anjos, seres extraterrestres que invadem o planeta. Acompanhamos a história de Shinji Ikari, um adolescente tímido e quieto cujo pai é Gendo, o presidente da uma das maiores empresas de defesa do mundo, a NERV. Para salvar a humanidade (ou o que restou dela), Shinji e duas garotas, Rei Ayanami e Asuka Langley Soryu, devem pilotar os EVAs, mechas gigantes, e impedir o ataque dos Anjos.

Gendo Ikari, pai do protagonista

A relação entre os personagens é a base para toda a trama, que explora temas como depressão, perda, amadurecimento e sentimentos dos mais diversos. Os dois últimos episódios abandonam a estrutura clássica das animações japonesas e contam com cortes mais artísticos, rascunhos não terminados e muita “maluquice” num geral. No fim das contas, esse não era o final que os fãs da série queriam ver, o que fez com que os filmes Neon Genesis Evangelion: Death & Rebirth (lançado na Netflix com o nome de Evangelion: Death(True)²) e The End of Evangelion fossem lançados.

Filmes clássicos

Após terminar os episódios do anime, é recomendado assistir ao Evangelion: Death(True)². Apesar de ser um filme que basicamente recapitula a série animada até o capítulo 24, o longa de pouco mais de uma hora contém cenas extras que servem para enriquecer o mundo.

The End of Evangelion é como uma versão ampliada do final da série, mostrando os acontecimentos dos episódios 25 e 26 do anime de outro ponto de vista. Enquanto no anime seguimos o ponto de vista de Shinji, o filme nos mostra o que estava acontecendo no resto do mundo. O filme é encerrado com uma montagem horripilante que mistura ficção e realidade, e inclui até mesmo ameaças de morte recebidas pelo diretor.

Mas e o Rebuild of Evangelion?

Os quatro filmes entitulados coletivamente Rebuild of Evangelion foram feitos para aproximar a história clássica dos dias atuais, para apresentar a série a um novo público e também para quem nunca assistiu ao material original.

O primeiro filme Evangelion: 1.0 You Are (Not) Alone. equivale aos primeiros seis episódios do anime, enquanto Evangelion: 2.0 You Can (Not) Advance. adapta o restante da série animada, além de introduzir novos personagens. Evangelion: 3.0 You Can (Not) Redo. continua trabalhando as pontas soltas deixadas pelo longa anterior. Os filmes foram lançados em 2007, 2009 e 2012 no Japão — e em 2009, 2011 e 2016 nos EUA.

O quarto e último filme da sequência, chamado de Evangelion: 3.0+1.0, tem a estreia prevista para 2020 no Japão, mas nada confirmado.

As unidades EVA prontas para o combate em Rebuild of Evangelion

É inegável que Neon Genesis Evangelion foi um marco na cultura japonesa, tornando-se uma das propriedades intelectuais do país mais amplamente conhecidas mundo afora — a cantora do tema de abertura, Yoko Takahashi, falou sobre isso durante uma mesa redonda da qual participamos no Anime Japan 2019. Com momentos controversos e discussões profundas sobre os sentimentos humanos, a obra continuará polarizando opiniões entre o público.

Neon Genesis Evangelion já está disponível na Netflix, com legendas e dublagem em português.