NASA planeja levar a primeira mulher à Lua em 2024

Será a primeira missão tripulada à Lua desde 1972.

Marina Val Publicado por Marina Val
NASA planeja levar a primeira mulher à Lua em 2024

Em um documento divulgado na última segunda-feira (21), a NASA anunciou os planos para uma nova missão tripulada à Lua. O programa, que recebeu o nome de Artemis, vai mandar um homem e uma mulher para a superfície lunar. Será a primeira viagem tripulada ao satélite natural da Terra desde a missão Apollo, em 1972.

Nenhum dos dois astronautas foram escolhidos até o momento. Mas, para a vaga feminina, há pelo menos 12 profissionais experientes na ativa, que tem maior probabilidade de serem selecionadas, além de cinco astronautas recém-formadas.

O plano inclui um lançamento da cápsula Orion com o foguete Space Launch System (SLS) em um teste não pilotado ao redor do satélite natural no ano que vem. Em 2023, os astronautas escolhidos vão voar a bordo da Orion por um mês para testar mais profundamente o equipamento e as manobras, refazendo o trajeto do vôo não tripulado. Então, em 2024, a dupla vai viajar 386 mil quilômetros e finalmente pousar no polo sul da Lua.

foguete que pode levar a primeira mulher à Lua
Renderização do foguete SLS, que pode levar a primeira mulher à Lua

Entretanto, o plano vai custar cerca de US$ 28 bilhões para ser implementado e precisará da aprovação do Congresso dos Estados Unidos. Pelo menos US$ 3,2 bilhões serão dedicados apenas à construção do sistema de lançamento. Caso o valor não seja aprovado dentro do prazo estipulado, os planos da agência espacial americana podem ser adiados.

Há alguns meses, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, afirmou que a Casa Branca quer renovar a liderança americana no espaço e também citou preocupações com os avanços feitos pela China nesse campo. Isso pode ajudar na aprovação do orçamento.