Vídeo restaurado mostra pela primeira vez um lobo-da-tasmânia em cores

Espécie foi extinta na década de 1930

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa

Um vídeo gravado há 88 anos foi restaurado e mostra como era o lobo-da-tasmânia (conhecido em outros idiomas como tigre-da-tasmânia) em cores. A espécie foi extinta em 1936, quando o último animal morreu em cativeiro, e não há registros coloridos ou gravações sonoras sobre eles. Mas o vídeo acima, feito após muita pesquisa, dá uma ideia de como eles eram realmente.

A ação foi feita pelo Arquivo Nacional de Filme e Som da Austrália, para marcar o Dia Nacional das Espécies Ameaçadas, lembrado em 7 de setembro, mesma data em que Benjamin, o último lobo-da-tasmânia mantido em cativeiro, morreu.

A gravação original foi feita por David Fleay em 1933 e a restauração colorida foi feita por Samuel François-Steininger, que fez um trabalho meticuloso, especialmente pela baixa qualidade do vídeo original. Para chegar o mais perto possível das cores originais do lobo-da-tasmânia, François-Steininger pesquisou descrições, pinturas e até amostras de pele preservadas em museus.

“Foi um desafio diferente – e uma grande responsabilidade. Eu tive que cuidar de uma gravação rara e prestar homenagem ao último representante de uma espécie, que desapareceu há 85 anos. Eu me importo muito com os animais e descobri a história desta espécie enquanto estava morando na Austrália, em 2012, e realmente me comoveu”, afirmou o especialista em comunicado oficial (via Gizmodo).

O Gizmodo ressalta que existem gravações mais recentes do último lobo-da-tasmânia vivo, porém elas só foram descobertas recentemente e foram consideradas menos adequadas para a colorização.

Mais notícias