Jogador brasileiro de Street Fighter V é desligado do time após admitir crime em live

Robinho FGC contou em live como teria organizado um estupro coletivo

Redação NerdBunker Publicado por Redação NerdBunker
Jogador brasileiro de Street Fighter V é desligado do time após admitir crime em live

O pro player de Street Fighter V Robinho FGC foi desligado do Patoz Team após contar em live que organizou um estupro coletivo.

No trecho divulgado no Twitter, ele conta aos risos que teria embebedado uma antiga namorada para que ela tivesse relações sexuais não consensuais com mais de oito homens. O corte, que pode ser visto aqui, tem conteúdo pesado e pode causar gatilhos.

Robinho FGC (Reprodução)

Após o caso explodir, o Patoz Team usou as redes sociais para comunicar que Robinho foi desligado da equipe.

Com a repercussão do caso, Robinho FGC apagou as próprias redes sociais e o canal na Twitch. Ele estava classificado para o torneio Capcom Cup VIII, que acontece em fevereiro em São Francisco, nos Estados Unidos. Em comunicado, a assessoria da Capcom anunciou que o atleta “está banido permanentemente de todos os eventos pertencentes ou operados pela Capcom”.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1