Joaquin Phoenix relutou para aceitar o papel de Coringa

"Havia muito medo, sim", contou o ator

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Joaquin Phoenix relutou para aceitar o papel de Coringa

Joaquin Phoenix é conhecido por fugir de grandes produções, então, o anúncio do ator para o papel de Coringa surpreendeu muita gente.

Em entrevista ao TotalFilm, o ator explicou o que o levou a assinar o contrato para estrelar o filme do vilão da DC.

Ele disse que relutou em aceitar o papel pois se sentiu paralisado de medo.

“Demorei um pouco [para me comprometer]. Agora, quando olho para trás, não entendo por quê… Havia muito medo, sim. Mas eu sempre digo que há o medo que motiva e o que paralisa. Há o medo no qual você não pode se mover nem 1 milímetro e há aquele que é tipo ‘OK, o que fazemos agora? Isso não é bom o suficiente’. E você vai mais fundo. Amo esse tipo de medo. Ele nos guia, nos faz trabalhar mais e melhor”.

Phoenix contou também que não gosta da forma como os filmes de super-heróis são contados e esta é outra razão que o afastava do papel.

“Eu acho que muitas vezes, nesses filmes, temos esse padrão simplificado e reducionista e isso permite que o público fique distante do personagem, assim como faríamos na vida real, onde é fácil rotular alguém como mal e, portanto, dizer: ‘Bom, eu não sou assim’.”

Segundo o ator, a visão do diretor Todd Phillips para Coringa evitou os clichês tradicionais histórias em quadrinhos, em favor da elaboração do personagem.

“Há momentos em que você vai se sentir conectado a ele e torcendo por ele, e momentos em que você deve sentir repulsa por ele. E eu gosto dessa ideia de desafiar o público e me desafiar a explorar um personagem assim. É raro explorar personagens assim em qualquer filme, mas especificamente no gênero de super-heróis.”

A sinopse oficial do filme diz que a história será um “ambicioso estudo de personagem”: Coringa é focado no icônico arqui-inimigo de Batman e é uma história original e inédita, nunca vista antes no cinema. O diretor Todd Phillips explora Arthur Fleck, que é inesquecivelmente retratado por Joaquin Phoenix. Ele é um homem que luta para encontrar o seu caminho na sociedade fraturada de Gotham. Sendo um palhaço de aluguel por dia, ele tenta ser um comediante à noite… mas acaba acreditando que ele sempre será o motivo das risadas. Preso em uma existência cíclica entre a apatia e a crueldade, Arthur toma uma decisão ruim que provoca uma série de acontecimentos nesse estudo de personagem ambicioso.

O elenco de Coringa conta com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz (Deadpool 2), Bill Camp (Operação Red Sparrow), Frances Conroy (American Horror Story), Brett Cullen (Narcos), Glenn Fleshler (Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow), Marc Maron (GLOW), Josh Pais e Shea Whigham (Kong: Ilha da Caveira).

Já a equipe criativa é liderada pelo diretor Todd Phillips, de Se Beber Não Case, e o roteirista Scott Silver, de O Vencedor e 8-Mile. O longa é produzido por Phillips, Emma Tillinger Koskoff (Silêncio) e Bradley Cooper.

A produção é a primeira de um novo selo de filmes mais sérios e pesados baseados nas obras da DC Comics. Os longas terão diretores com estilos próprios e marcantes, e não estarão necessariamente ligados aos filmes da universo cinematográfico da editora.

Coringa estreia no Brasil em 3 de outubro de 2019.