Homem-Aranha no Aranhaverso | Entenda o processo criativo da arte do filme

Pav Grochola, supervisor de efeitos do longa, explicou tudo no painel da CCXP!

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Homem-Aranha no Aranhaverso | Entenda o processo criativo da arte do filme

Durante o painel de Homem-Aranha no Aranhaverso na CCXP 2019, Pav Grochola, supervisor de efeitos da Image Works, explicou como foi o processo criativo para a arte do filme.

Tudo começou com a escolha de Miles Morales como o protagonista para apresentar uma nova forma de contar visualmente a história.

Por isso, eles não queriam fazer uma versão da arte no filme, mas sim fazer a própria arte no filme. “Não queríamos fazer algo foto realístico e nem um Cartoon, então estávamos divididos”, disse.

A solução foi se inspirar em quadrinhos e, para isso, decidiram sombrear usando a técnica de meio-tom (“halftone”) para manter o traço afiado.

Depois de diversos testes, eles descobriram que os personagens ficavam mais expressivos quando linhas de tinta eram colocadas sobre eles. Até que conseguiram criar o primeiro protótipo: um cone de trânsito.

Formas geométricas aleatórias foram usadas para preencher espaços, mas elas são quase imperceptíveis porque estão “escondidas” no meio de tudo.

Por fim, Grochola explica que os designs de vários elementos foram sendo alterados ao decorrer do desenvolvimento e, em muitas vezes, eles “quebravam” a anatomia dos personagens e objetos para o visual ficar mais dinâmico — bem ao estilo de Comics.

A CCXP 2019 acontece entre os dias 4 e 8 de dezembro, em São Paulo. Acompanhe a cobertura do Nerdbunker!