Game of Thrones | George R.R. Martin fala das dificuldades na escrita do próximo livro

"É um peso grande para se carregar", disse

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Game of Thrones | George R.R. Martin fala das dificuldades na escrita do próximo livro

George R.R. Martin lançou A Dança dos Dragões em 2011. Desde então, o autor tem trabalhando em The Winds of Winter, sexto livro das Crônicas de Gelo e Fogo, que segue sem previsão de lançamento.

Em entrevista ao The Guardian, Martin contou que tem tido dificuldades no processo de escrita do romance. “The Winds of Winter não é um romance, são doze romances em um só, cada um com um protagonista e com uma série de coadjuvantes nos entornos, aliados e inimigos, e todas essas histórias se entrelaçam de uma forma bastante complexa”, contou.

De acordo com Martin, o sucesso da série da HBO fez com que a pressão em cima dele aumentasse consideravelmente:

A série ficou muito popular ao redor do mundo, os livros são populares e muito bem recebidos pelo público. Toda vez que eu sento para escrever, sei que tenho que fazer algo incrível, e tentar fazer algo incrível é um peso grande para se carregar. Por outro lado, quando eu engato na escrita, quando eu entro naquele mundo — isso aconteceu recentemente com Fogo e Sangue, eu ia dormir pensando em Aegon e Jaehaerys, acordava pensando neles e mal podia esperar para sentar no teclado. Quando isso acontece, o mundo desaparece. Eu não me importo com o que vou jantar, com os filmes que estão em cartaz, com os meus emails, com quem está bravo comigo porque o livro ainda não saiu. Tudo isso desaparece, e eu vivo naquele mundo que criei. Mas às vezes é difícil entrar nesse estado de transe.

Depois de The Winds of Winter, Martin ainda tem um sétimo livro planejado para concluir a saga, A Dream of Spring. Na entrevista, o autor conta que não imaginava que o mundo de Westeros ficaria tão grandioso, explicando que achou que A Guerra dos Tronos, primeiro livro da série, seria apenas um conto curto. “Eu só ia escrever esse capítulo, onde Bran e os Stark encontram os filhotes de lobo. Mas então eu comecei a explorar a história dessas famílias e o mundo começou a ficar vivo”, diz, “estava tudo na minha cabeça, eu não podia não escrever. Não foi uma decisão racional. Escritores não são criaturas racionais”.

Apesar de ser uma fantasia, o escritor conta que no fim das contas seus livros são apenas sobre pessoas, e que isso é o que o interessa.

William Faulkner disse que “o conflito humano dentro de si é a única coisa que vale a pena se escrever sobre”. Eu acho que isso vale para qualquer ficção que valha a pena ler. Você está falando sobre pessoas. Pode ser ambientada no espaço ou em um castelo com dragões, ou talvez numa cidade suburbana onde vivem Dick e Jane, ou numa metrópole infernal. Independente da ambientação, a história é sobre pessoas que precisam decidir sobre o que é certo e o que é errado, como sobreviver e questões sobre o bem e o mal.

The Winds of Winter não tem previsão de lançamento. A última temporada de Game of Thrones estreia em 2019.