Forças Armadas dos EUA podem perder a marca registrada de Space Force para a Netflix

A série é uma sátira à nova divisão espacial da Força Aérea americana

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Forças Armadas dos EUA podem perder a marca registrada de Space Force para a Netflix

Space Force, a nova série da Netflix, nasceu para ser uma brincadeira com a Força Espacial (Space Force, em inglês) criada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Mas, ao que tudo indica, a marca registrada de Space Force será da Netflix, mesmo que a produção tenha sido posterior ao anúncio da divisão espacial.

Segundo informações do The Hollywood Reporter, os advogados das forças armadas dos EUA não conseguiram garantir o nome Space Force como marca registrada, já a Netflix foi mais agressiva e conseguiu os direitos ao nome em diversos lugares do mundo, como na Europa, Austrália, México e em outros países.

Enquanto isso, a Força Aérea norte-americana apenas entrou com um pedido de registro pendente dentro dos Estados Unidos com base na intenção de uso. Ou seja, nenhum direito de marca registrada foi confirmado dentro do território até o momento.

Apesar de compartilharem o mesmo nome, não é provável que aconteça confusões entre a série e a divisão das forças armadas, afinal uma é uma série de comédia que já está no ar, e a outra é uma entidade do governo que pretende mandar o exército para o espaço, o que ainda não aconteceu.

A série conta a história de Mark Naird (Steve Carell), um general nomeado pela Casa Branca para preparar uma unidade armada e proteger a Lua até 2024.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A primeira temporada de Space Force está disponível na Netflix. Confira a nossa crítica aqui.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1