Desfecho de Star Wars: A Ascensão Skywalker mudou durante a produção

Segundo Daisy Ridley, as mudanças foram sutis e bem feitas

João Abbade Publicado por João Abbade
Desfecho de Star Wars: A Ascensão Skywalker mudou durante a produção

O primeiro trailer de Star Wars: A Ascensão de Star Wars trouxe o retorno totalmente inesperado de Palpatine e a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, afirmou que o retorno do vilão já estava planejado há muito tempo. O vilão morto no Episódio VI está diretamente relacionado com o desfecho da franquia, então é de se esperar que Kennedy já tem o final do Episódio IX planejado há muito tempo. O final até poderia estar planejado, mas houve mudanças durante a produção do longa.

Em entrevista ao /Film, a atriz Daisy Ridley afirmou que o diretor J.J. Abrams contou o final da saga para ela e depois, quando foi ler o roteiro finalizado, mudanças tinham sido feitas diretamente desfecho da saga — o que surpreendeu a atriz. As alterações, segundo Ridley, foram positivas e ela até classificou-as como “incríveis”

Ela disse:

J.J. tinha me dito o final e então eu li o roteiro, e as coisas meio que estavam mudando. Os finais sempre foram bem parecidos, mas me disseram que havia uma novidade — acho que acrescentaram algo diferente pelo que me disseram, o que foi incrível.

J.J. Abrams (O Despertar da Força) dirige o episódio final da trilogia, que tem roteiro de Lawrence Kasdan (O Império Contra Ataca). No elenco, estão de volta Oscar Isaac, John Boyega, Mark Hamill, Daisy Ridley, Carrie Fisher e outros. A novidade fica por parte de Billy Dee Williams, o Lando original!

Para garantir a presença de Leia no filme, a Lucasfilm usará cenas não utilizadas de O Despertar da Força e Os Últimos Jedi, evitando o uso de computação gráfica para inserir Carrie Fisher na produção — todo o processo foi aprovado pela filha da atriz, Billie Lourd.

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro de 2019.