[E3 2012] A conferência da Ubisoft

“Hein? Que jogo é esse?” Depois de uma conferência cheia de vergonha alheia no ano passado, deu-se início às 19h do horário de Brasília do dia 4 de junho a conferência da Ubisoft. E foi a que mais surpreendeu até agora. Mas pela apresentação inicial, não parecia que ia ser tão boa. O astro das […]

Stephan Martins Publicado por Stephan Martins
[E3 2012] A conferência da Ubisoft

“Hein? Que jogo é esse?”

Depois de uma conferência cheia de vergonha alheia no ano passado, deu-se início às 19h do horário de Brasília do dia 4 de junho a conferência da Ubisoft. E foi a que mais surpreendeu até agora.

Mas pela apresentação inicial, não parecia que ia ser tão boa. O astro das “músicas de balada” Flo Rida entrou no palco com um grupo de mulheres dançando, para apresentar Just Dance 4. Como a apresentação do Usher na conferência da Microsoft, mas sem imagens do jogo atrás.

Logo depois, entra Aisha Tyler, a apresentadora com mais personalidade até então. Divertida, engraçada e eloquente, a mulher conseguiu ser melhor do que qualquer presidente, CEO ou desenvolvedor de games a apresentar qualquer jogo durante todo o evento.

Aisha já mostrou logo de cara mais vídeos do aguardado Far Cry 3. Peitinhos, drogas e Year of the Bow!

Passamos rapidinho para mais um trailer de Splinter Cell: Blacklist, que mostra que Sam Fisher, quanto mais envelhece e avança na história, mais super soldado vira, dando um certo desânimo aos que gostavam tanto do realismo dos primeiros jogos.

E falando em super soldado, é hora dos heróis. O recém-anunciado Avengers: Battle for Earth, para Wii U e Kinect, ganha um vídeo maneiro mostrando alguns dos 20 personagens jogáveis: Wolverine, Venom, Homem-Aranha, Tempestade, Magneto, Capitão América, Viúva Negra, Homem de Ferro, Thor, Hulk e Gavião Arqueiro.

Infelizmente, não foi dessa vez que ganhamos um vídeo com jogabilidade.

E aproveitando o primeiro jogo apresentado para o Wii U de toda a conferência, a Ubisoft segue com um mega combo, começando com Rayman Legends. O jogo deverá aproveitar todo o potencial da tablet, e também poderá ser jogado com o controle pro. Não estranhe a tablet com fio, pois no lançamento do Wii U, ela será wireless.

A demonstração ainda incluiu um dos vários modos de multijogador, uma espécie de jogo de ritmo. Se você achou Rayman Origins bonito, vai continuar a se impressionar com Legends.

Indo na frente da Nintendo, a Ubisoft apresenta o primeiro exclusivo do Wii U. O trailer é totalmente Dead Island, mas ao som de God Save the Queen. O vídeo mostra que são zumbis, e na Inglaterra. No fim do vídeo, revela-se o nome, a primeira grande piada da E3: ZombiU. Infelizmente, nada de jogabilidade também.

E finalmente, o momento que todos aguardavam. Era hora de Assassin’s Creed III! Começando com um trailer simplesmente sensacional, a Ubisoft vendeu o jogo até para quem nunca tinha jogado ou não achava que ia ser grande coisa. O primeiro vídeo foi recheado de momentos dignos de Coração Valente e O Patriota.

O segundo vídeo, com muito, mas muito gameplay, continuou a mostrar que o jogo tem tudo para ser o melhor de toda a franquia. A jogabilidade toda parece ter se renovado para o novo jogo, e a aparência de Connor está muito indígena, respeitando as origens do novo protagonista. E mais Year of the Bow!

Só porque AC3 foi tão sensacional, a Ubisoft causou uma gigantesca brochada na galera. Depois de chamar dois times de três pessoas (um masculino e um feminino) de campeões mundiais de CS, ela apresenta Shootmania. Foi a hora de todo mundo ir no banheiro.

No fim das contas, a exibição de Shootmania veio em bom tempo. Com todos os espectadores com expectativa zero, a Ubisoft começou a apresentação de um novo título, o primeiro grande jogo novo da E3!

Um vídeo misterioso explica como em 2003 um único homem foi responsável por um blecaute que deixou muitas regiões dos EUA, inclusive toda a parte do estado de Nova York, num pânico inacreditável. O vídeo avança, explicando como tudo desde então tornou-se mais automatizado, mais dependente de controle, e que tudo era controlado por um computador. Mas quem controla este computador?

Depois do misterioso vídeo, veio a explosão de cabeça: 10 minutos de jogabilidade do game, até então apelidado de “ctOS”. Se você assiste à série Person of Interest, vai conseguir curtir ainda mais. Deleite-se:

E com o nome Watch Dogs gerando uma enorme e longa salva de palmas, a Ubisoft encerra sua conferência em alta. Até então, é considerada a melhor conferência de todas. Você concorda?

Quer acompanhar a E3 2012 ao vivo? Clique aqui!


Stephan Martins
Stephan Martins estava retardado por Assassin’s Creed III, aí teve 50 AVCs de excitação seguidos por Watch Dogs!

.

Mais notícias