Diretora de Loki explica como funciona o multiverso da Marvel

Último episódio da série chegou ao Disney+ na última quarta-feira (14)

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Diretora de Loki explica como funciona o multiverso da Marvel

[Atenção! A partir de agora, spoilers do último episódio de Loki]

A série do Loki chegou ao fim abrindo as portas para o multiverso no MCU. Esse conceito, que é capaz de deixar muitos fãs confusos, foi explicado pela diretora Kate Herron.

Em entrevista ao Murphy’s Multiverse, a cineasta falou sobre a cena final da produção, que mostra diferentes linhas do tempo se encontrando. Usando galhos como exemplo, Herron explicou como uma realidade afeta a outra:

“Então, há galhos, certo? Que são como as realidades alternativas. Mas aí então há algo que você vai ver, é muito sutil. Na última cena, você vê o multiverso e basicamente há outras linhas do tempo em galhos maiores. É quase como essas árvores diferentes e separadas agora estivessem se conectando.”

A diretora prosseguiu a explicação, dando destaque às conexões estabelecidas entre os diferentes universos:

“É quase como uma ponte. Se você imaginar o galho, é como outra realidade. Mas se o galho se estende até certo ponto, então vai se conectar com outras linhas do tempo físicas. Aquela última cena que fizemos, há outros [galhos] mais finos, que devem representar nossa linha do tempo. E há outras linhas como essa, e os galhos são as conexões, basicamente.”

Resta saber como essas conexões serão feitas. O multiverso deve ganhar destaque nos próximos filmes e séries da Marvel, começando por Doutor Estranho 2, que tem estreia marcada para 25 de março de 2022, nos Estados Unidos.

A primeira temporada de Loki já está disponível no Disney+.

Mais notícias