“Por que uma mulher deveria interpretar James Bond?”, diz Daniel Craig

Ator acredita que mulheres deveriam ter papéis melhores, mas não interpretar personagens que já existem

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa

Em entrevista ao Radio Times para falar sobre o lançamento de 007 – Sem Tempo para Morrer, Daniel Craig questionou por que uma mulher deveria interpretar James Bond.

Segundo o ator, papéis melhores deveriam ser escritos para este público, sem entrar nos personagens que já existem:

“A resposta para isso é muito simples. Simplesmente deveriam existir papéis melhores para mulheres e pessoas não-brancas [negros, indígenas, asiáticos, etc.]. Por que uma mulher deveria interpretar James Bond, já que deveriam existir papéis tão bons quanto o de James Bond, mas para as mulheres?”.

Craig também falou sobre a chegada de Phoebe Waller-Bridge à produção e do humor que ela trouxe, sem mudar muito o personagem:

“Ela tem um humor diabólico e sua influência permeia várias coisas neste filme. Ela anda em uma linha fantástica entre manter o longa como um thriller e deixá-lo engraçado. Mas Phoebe não veio para mudar Bond. Ela veio para apimentar as coisas, com certeza, mas ela é uma fã de James Bond – ela não estava disposta a levá-lo em nenhuma direção diferente”.

007 – Sem Tempo para Morrer é o último filme de Craig como James Bond e mostra que o agente se aposentou, mas foi chamado de volta pelo amigo Felix Leiter, da CIA, para solucionar o sequestro de um cientista.

Após diversos adiamentos por conta da pandemia de COVID-19, o longa chega aos cinemas em 30 de setembro.

Mais notícias