Cena sugestiva ente Batman e Mulher-Gato foi cortada da série da Arlequina

Apesar da liberdade criativa da série, a cena acabou ficando de fora

Marina Val Publicado por Marina Val
Cena sugestiva ente Batman e Mulher-Gato foi cortada da série da Arlequina

Harley Quinn é uma série animada sobre a Arlequina voltada para o público adulto que tem bastante liberdade criativa, algo que foi bastante elogiado pelos criadores Justin Halpern e Patrick Schumacker. Entretanto, mesmo com essa liberdade, a DC ainda impõe alguns limites.

Em entrevista à Variety, Halpern comentou:

“É incrivelmente gratificante e libertador usar personagens que são considerados vilões pois você tem muito mais espaço para explorar. Um exemplo perfeito disso é que na terceira temporada de Harley, nós tínhamos um momento no qual o Batman fazia sexo oral na Mulher-Gato. E a DC ficou tipo, ‘Você não pode fazer isso. Você simplesmente não pode fazer isso.’ Eles falaram ‘Heróis não fazem isso.’ Então respondemos ‘Vocês estão dizendo que heróis são só amantes egoístas?’ Eles argumentaram ‘Não, é que nós vendemos brinquedos dos heróis. É difícil vender um brinquedo se o Batman está fazendo sexo oral em alguém.”

No Twitter, alguns usuários começaram a brincar com isso, apontando histórias nas quais alguns heróis tinham feito atos similares e questionando se eles deixaram de ser heróis depois disso.

Kevin Smith, que escreveu um quadrinho do Arqueiro Verde que tinha uma cena sugestiva, respondeu:

“Houve uma certa resistência quando nós fizemos a cena de sexo oral entre o Arqueiro Verde e a Canário Negro nas minhas histórias com Phillip Hester e Ande Parks há 20 anos. Mas meu argumento para o editorial da DC foi ‘Oliver Queen simplesmente sabe como fazer as mulheres estremecerem. Especialmente quando ele acerta em cheio.'”

Mais notícias