Bohemian Rhapsody se torna a maior cinebiografia musical da história

No resto do mundo o filme já era o maior de todos.

João Abbade Publicado por João Abbade
Bohemian Rhapsody se torna a maior cinebiografia musical da história

Bohemian Rhapsody se tornou a cinebiografia musical mais rentável da história nos Estados Unidos e também no mundo todo. O longa que conta história do Queen e de Freddie Mercury já acumula mais de US$ 600 milhões mundialmente e passou dos US$ 175 milhões apenas nos Estados Unidos.

Com isso, o filme se coloca afrente de Straight Outta Compton — A História do NWA, com seus US$ 161 milhões nos EUA, e de O Rei do Show com US$ 174 milhões na América do Norte.

O elenco inclui Rami Malek (Freddie Mercury), Gwilym Lee (Brian May), Ben Hardy (Roger Taylor), Joe Mazzello (John Deacon) e  Lucy Boynton (Mary AustiEn).

O filme está em cartaz — confira nossa crítica — e é possível que uma sequência seja encomendada.