Warner e Dougray Scott rebatem acusações de Ruby Rose sobre problemas em Batwoman

Estúdio afirmou que decidiu não continuar com a atriz para a segunda temporada

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa
Warner e Dougray Scott rebatem acusações de Ruby Rose sobre problemas em Batwoman

A polêmica envolvendo Ruby Rose e a série da Batwoman ganhou um novo capítulo. Após a atriz acusar o canal CW e os produtores da série de diversos problemas graves nos bastidores, a Warner Bros. Television divulgou um comunicado ao Deadline afirmando que foi decisão da empresa não continuar com a atriz no elenco:

“Apesar da história revisionista que Ruby Rose está compartilhando agora, voltada para os produtores, elenco e equipe, canal e estúdio, a verdade é que a Warner Bros. Television decidiu exercer a opção de não contratar Ruby para a segunda temporada de Batwoman, com base em diversas reclamações sobre o comportamento no local de trabalho, que foram extensivamente revisadas e tratadas de forma particular, em respeito aos envolvidos”.

Além do estúdio, Dougray Scott, intérprete de Jacob Kane, também rebateu as acusações. Nas redes sociais, Rose afirmou que ele gritava com mulheres no set e tinha uma postura antiprofissional, chegando e indo embora quando queria. Ao The Wrap, o ator afirmou:

“Como a Warner Bros. já declarou, eles decidiram exercer a opção de não continuar com Ruby para a segunda temporada, baseada em diversas reclamações sobre o comportamento dela no set. Eu refuto absolutamente e completamente as alegações difamatórias e prejudiciais feitas por ela contra mim; elas são totalmente inventadas e nunca aconteceram”.

Rose deixou o elenco de Batwoman após a exibição da primeira temporada, lançada em 2019. A série, então, contratou Javicia Leslie para o papel de Ryan Wilder, personagem que assumiu o manto da heroína.

Desde essa época, fãs se questionam se Ruby poderia voltar a aparecer no seriado, motivo pelo qual a atriz decidiu fazer as alegações nas redes sociais. A segunda temporada da série teve um arco envolvendo o desaparecimento de Kate Kane, que foi concluído, deixando o caminho aberto para Ryan Wilder ser a única Batwoman da história.

Mais notícias