Diretor de Top Gun: Maverick diz que considera filme como um drama

Joseph Kosinski falou sobre os desafios de criar uma nova história para Maverick

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa
Diretor de Top Gun: Maverick diz que considera filme como um drama

Joseph Kosinski, diretor de Top Gun: Maverick, afirmou em entrevista ao Den of Geek que considera o longa como um drama, que também tem cenas de ação.

O cineasta falou sobre os desafios de criar uma nova história para Maverick, interpretado por Tom Cruise:

“Eu queria que este filme fosse um rito de passagem, como foi o primeiro filme. Obviamente, o Maverick do primeiro filme está com vinte e poucos anos e agora ele está com cinquenta. Teria que ser uma jornada diferente, mas era importante que fosse uma jornada para um homem em um momento diferente de sua vida. Pensamos em Top Gun como um filme de ação, mas eu penso nele como um drama. Há cenas de ação incríveis, mas o drama está no centro de tudo”.

Kosinski afirmou que o ponto de partida da nova produção é a história de Rooster, personagem de Miles Teller que é filho de Goose, antigo companheiro de Maverick, que morreu no primeiro longa:

“Essa parecia a narrativa em que poderíamos nos aprofundar emocionalmente, e que deixaria Tom empolgado em voltar ao personagem”.

Com estreia marcada para 22 de julho de 2022, Top Gun – Maverick mostrará Cruise de volta ao papel principal, após 30 anos de serviço como um dos principais pilotos da Marinha americana. Agora, além de uma nova geração de pilotos, ele vai lidar com a popularização dos drones.

O elenco conta ainda com Jennifer Connelly, Val Kilmer, Jon Hamm e Ed Harris.

Mais notícias