Sucker Punch detalha jogabilidade e mecânicas de Ghost of Tsushima [Entrevista]

Billy Harper nos contou mais sobre o jogo de samurai durante a E3 2018

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Sucker Punch detalha jogabilidade e mecânicas de Ghost of Tsushima [Entrevista]

Qualquer pessoa que gosta de cultura e história japonesa já imaginou como seria a vida e as batalhas de um samurai. Parece que uma parte deste sonho se tornará realidade com Ghost of Tsushima, novo jogo da Sony. Mas o que exatamente podemos esperar em termos de jogabilidade? O diretor de animação da Sucker Punch, Billy Harper, conversou com a gente durante uma entrevista coletiva na E3 2018.

A primeira coisa que notamos durante a demonstração feita na conferência da Sony é que não foi mostrada uma interface gráfica de usuário. Segundo Harper, isso foi feito especificamente para a apresentação, mas os desenvolvedores querem que este elemento seja o menor possível no jogo:

Isso foi só para a demonstração. Nós teremos uma interface, mas uma coisa que aprendemos como um estúdio foi procurar todas as oportunidades de ser o mais minimalista possível. Assim como os ataques em sequência que foi feito dentro do templo, aquela foi uma das formas que conseguimos para indicar para o jogador o que eles podem fazer sem que seja necessário uma interface.

Ele também explicou que o título terá elementos de RPG e que, portanto, existirá uma progressão para a evolução do personagem, mas não quis entrar em detalhes sobre isso. Mesmo assim, a habilidade do jogador será essencial, algo que pode ser visto na eliminação de um golpe único que Jin, o protagonista, executa em sua primeira luta da demonstração:

Isso, na verdade, é algo que o jogador pode fazer. É para ser um golpe preciso e letal que você pode usar, mas, como qualquer mecânica de luta, é preciso ter um pouco de estratégia sempre que quiser fazer aquilo. Tem muito a ver com fazer no tempo certo, mas também com o tempo que você leva para ser letal no golpe em si.

Jin terá diversas formas de lutar, sendo que todas foram mostradas, pelo menos um pouco, durante a apresentação. Na primeira batalha, quando ele enfrenta diversos inimigos ao mesmo tempo, é utilizado um sistema de combate mais voltado para a ação. Já no templo, o samurai faz algo específico para momentos furtivos, ao fazer várias eliminações em sequência.

É um componente exclusivo da furtividade. Conforme Jin faz coisas para colocar medo nos inimigos, ele encontra estas oportunidades de fazer execuções consecutivas para lidar com grandes grupos de inimigos.

Por fim, o duelo no final da demonstração revela outra forma de batalhar – algo muito mais focado em movimentos rápidos e estratégia, segundo Harper:

O duelo é muito diferente do resto, mais voltado para estratégia. Cada pessoa que você enfrenta tem movimentos diferentes para você ler. No gameplay teve algumas vezes que deu para bloquear, o que é recompensado com uma desaceleração do tempo e um golpe mais forte.

A trama do jogo acompanha um samurai que sobrevive a invasão do Império Mongol na ilha de Tsushima, no Japão, que começa a causar o terror e conquistar territórios. Seu personagem então precisará deixar de lado das tradições dos samurais para se tornar um Fantasma e garantir a vitória.

Ghost of Tsushima será exclusivo para PlayStation 4, mas ainda não tem previsão de lançamento.