Steam ameaça remover jogos com conteúdo sexual, caso não sejam censurados

Mas isso só parece acontecer com jogos com visual de anime

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Steam ameaça remover jogos com conteúdo sexual, caso não sejam censurados

Jogos com conteúdo sexual ou relacionados não são uma novidade no Steam, mas, aparentemente, a Valve decidiu que alguns destes títulos não deveriam estar na plataforma. Diversos desenvolvedores reportaram que receberam avisos de que seus games seriam removidos da loja, caso não fossem censurados até o fim do mês.

No entanto, parece que isso tem afetado apenas jogos com artes parecidas com anime e Visual Novels. Pelo menos apenas estúdios com este tipo de título que reclamou do aviso, como a Huniepot (HuniePop), a Neko Works (Tropical Liquor) e a Sekai Project (Re;Lord):

Aviso Importante: Eu recebi um e-mail da Valve afirmando que HuniePop viola as regras e diretrizes sobre conteúdo sexual no Steam e será removido da loja, a menos que o jogo seja atualizado para remover este conteúdo.”

Fomos informados que o conteúdo adulto em Tropical Liquor precisa ser censurado até o fim do mês ou o jogo será removido do Steam. Estamos trabalhando nesta questão.”

Nós fomos informados que o conteúdo em Re;Lord precisa ser censurado até o fim do mês ou o jogo será removido do Steam. Nós vamos ter conversas com a Valve, mas ao mesmo tempo fazer os ajustes pedidos.”

Já a Lupiesoft (Mutiny!!) entrou em mais detalhes sobre a acusação, reclamando que apenas jogos com estilo de anime receberam a notificação e que os títulos da desenvolvedora sempre respeitaram as regras do Steam.

Acabamos de receber algumas notícias perturbadoras de que o Steam decidiu remover nosso jogo ‘Mutiny!!’ dentro de duas semanas por conta de ‘reportes de conteúdo sexual’. Aqueles que conhecem a Lupiesoft sabem que não colocamos isso no Steam, ou anunciamos este conteúdo no Steam.”

Aliás, a Lupiesoft tem sido uma das desenvolvedoras mais restritas em termos de seguir as diretrizes do Steam, e absolutamente nada em Mutiny!! viola essas diretrizes. Depois que nossa distribuidora, MangaGamer, se encontrou com a Valve em pessoa, eles foram informados que conteúdo ‘ecchi’ era aceito no Steam.”

Parece que esta nova mudança viola o que a Valve aceitou antes, e todo o gênero de Visual Novel no Steam está sentindo efeitos desta opção nuclear. Todos os desenvolvedores, grandes ou pequenos, não importa o quanto eles seguiram as diretrizes do Steam, estão tendo seus jogos removidos.”

De Huniepop, até SonoHanabira e Mutiny!!, a mensagem é clara: se seu jogo tem uma arte sexy inspirada em anime, tire ele, enquanto jogos ocidentais que são 100x mais sexuais escapam sem problemas. Uma regra para eles, e sem regras para nós.”

Isso coloca a Lupiesoft em uma situação ruim. Enquanto o financiamento de Dizzy Hearts está seguro, Mutiny!! foi nosso maior título, e isso ameaça nosso futuro quando uma plataforma como o Steam pode decidir, do nada, simplesmente remover nossos jogos, mesmo quando nós seguimos suas diretrizes.”

Isso não é normal, isso não está bom. Jogos estão sendo removidos simplesmente porque eles têm uma certa aparência e há um estigma por traz do visual do jogo. No futuro, isso pode facilmente se estender para qualquer um que sequer faça uma Visual Novel, não importa o quao ‘sexy’ ela seja.”

Nós não somos preguiçosos fazendo conteúdo sexual horrível, nós somos um estúdio de Visual Novel altamente LGBT+, isso não está errado, isso não é sujo, nudez também não é errado, já que uma grande quantidade de jogos no Steam tem nudez, e Mutiny!! seguiu estas diretrizes!”

Isso ameaça o futuro de qualquer desenvolvedor que sequer tem interesse em trabalhar com Visual Novels, isso ameaça o próprio tecido da mídia, quando a MAIOR plataforma de vendas pode simplesmente remover seu jogo sem nenhuma justificativa ou razão, a qualquer momento. Pronunciem-se!”

O Steam tem vários títulos com conteúdo sexual, como The Witcher, mas, até o momento, nenhum destes estúdios parece ter recebido a mesma notificação. Segundo o site DualShockers, a Funcom, empresa de Conan Exiles, confirmou não ter recebido o aviso, apesar de seu jogo ter conteúdo explícito.