Sandman na Netflix não mudou o gênero de John Constantine; entenda quem é Johanna

Personagem será interpretada por Jenna Coleman

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Sandman na Netflix não mudou o gênero de John Constantine; entenda quem é Johanna

A Netflix revelou novos nomes para o elenco da série live-action de Sandman. Uma das escalações que mais chamou atenção foi a de Jenna Coleman como Johanna Constantine. O nome levou alguns fãs a acreditar que a produção estaria trocando o gênero de John Constantine, o amado ocultista do Universo DC. Porém, não é o caso.

Johanna é uma personagem original da HQ de Sandman, que aparece na edição 14, em um flashback do Sonho na Inglaterra do século XVIII durante o arco Casa de Bonecas. Ela confunde o Perpétuo com um demônio e tenta caçá-lo sem sucesso. Neste breve momento, Sonho indica que ela é antepassada de John Constantine ao citar a “dinastia” da jovem.

Após sua breve aparição em Sandman, Johanna Constantine ganhou sua própria HQ. Chamada Hellblazer: Lady Constantine, a minissérie em quatro partes revela sua origem como uma aristocrata que perdeu suas posses após ter os pais executados por traição. Ela então consegue o perdão real ao recuperar a Caixa de Pandora para o Rei Jorge III. Como parte dos bens restituídos está a Mansão Fawney Rig, local importante para Sandman que já foi confirmado na série.

Capa da HQ Hellblazer: Lady Constantine

Apesar de Johanna Constantine não ser uma versão feminina de John, é possível que ela substitua o ocultista na série da Netflix. Em primeiro lugar porque parece improvável que o streaming apresente uma terceira versão do personagem, que já faz parte do Arrowverso na CW e vai ganhar uma série solo no HBO Max.

Outro indício está no fato de que o próprio Neil Gaiman revelou que a série terá mudanças em relação à HQ original. Portanto, não seria de se estranhar se o Sonho procurar Johanna em busca de sua algibeira.

A primeira temporada da série de Sandman na Netflix terá onze episódios, mas ainda não tem uma previsão de estreia.

Mais notícias