Sai do meu quintal! Quando fãs decidem stalkear locações famosas

De Breaking Bad a Sex and the City, os fãs não param!

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Sai do meu quintal! Quando fãs decidem stalkear locações famosas

Recentemente, o ator Jeffrey Dean Morgan, de The Walking Dead, publicou uma mensagem no Twitter pedindo que os fãs da série parem de visitar sua casa e tirar fotos, dizendo que a atitude é um tanto quanto assustadora.

Não é a primeira vez que fãs de uma série decidem visitar um lugar real que, de alguma forma, está relacionado com a obra que tanto amam, perturbando a paz de quem mora no local. Listamos aqui cinco vezes em que isso aconteceu!

Parem de jogar pizzas!

A casa de Walter White e Skyler, em Breaking Bad, é localizada em Albuquerque, no estado do Novo México. Em 2017, os donos da propriedade construíram uma cerca bem alta para impedir que fãs da série arremessassem pizzas no telhado da casa, imitando uma cena icônica da terceira temporada na qual Walt faz exatamente isso.

Conversando com o canal KOB4, Joanne Quintana, uma das moradoras da casa, relatou que muitos fãs vão até o local e roubam pedras do jardim, levando-as como souvenir. A mulher  também conta que muitas vezes se deparou com pessoas tirando fotos na frente da residência e pedindo para que ela fechasse a porta da garagem ou saísse do campo de visão da câmera, para não atrapalhar o registro.

Uma História de Horror Suburbana

Um casal de Los Angeles tem vivido um pesadelo sem fim há alguns anos. Ernst Von Schwarz e Angela Oakenfold compraram uma mansão por cerca de US$ 3,2 milhões em 2014, mas não sabiam que dezenas de pessoas apareceriam lá todos os dias.

A mansão Rosenheim foi usada nas gravações da primeira temporada de American Horror Story. Ernst e Angela não sabiam disso, e se assustaram com os fãs que tocam a campainha pedindo para tirar fotos. A propriedade foi invadida quatro vezes em 2017, e o casal está processando o corretor de imóveis, que não avisou-os que a casa era famosa.

Além de American Horror Story, a mansão já apareceu em Buffy, a Caça-Vampiros; Bones; Law & Order: SVU e Alfred Hitchcock Presents.

Ninguém disse que sua vida seria assim

Ross, Rachel, Chandler, Monica, Phoebe e Joey são o sexteto mais famoso das sitcoms dos anos 90.

Na época em que Friends estava no auge, dezenas de fãs da série apareciam em um prédio no bairro de Greenwich Village, em Nova York, que foi usado no programa para indicar o local onde boa parte dos amigos viviam, causando incômodo para as pessoas que realmente moravam ali.

Hoje em dia o movimento diminuiu, mas em entrevista ao The Independent, Austin Cook, um funcionário da lanchonete que fica no pavimento inferior do edifício conta que muitos fãs ainda passam por lá, e que se decepcionam ao descobrir que o  café Central Perk nunca existiu e que o apartamento de Monica e Rachel foi construído em um estúdio.

Três não eram demais

Três é Demais estreou em 1987 e logo se consagrou como um sucesso de audiência na TV americana.

A casa da família Tanner realmente existe, em Alamo Square, na cidade de San Francisco, e vários fãs aparecem por lá diariamente.

Conversando com o Us Weekly, Bob Saget, intérprete de Danny na série, contou que, em 2013, decidiu dar uma parada no local, ficando assustado com o fato de pessoas estarem lá e reconhecerem-no. “Uma velhinha mora ali, e é uma casa muito conhecida, e as pessoas vão lá como se fosse algo legal”, disse, “pelo menos o lugar não está relacionado a alguma coisa negativa, as pessoas têm memórias boas de lá”,  concluiu.

Em entrevista ao ABC News, vizinhos relatam que a movimentação ao redor da casa causa trânsito e alguns acidentes leves, principalmente com carros que param na fila dupla para tirarem fotos  do lugar. “Nós gostamos da série, mas tem sido demais”, relata uma moradora da rua.

Carrie Bradshaw não mora aqui

Sem sombra de dúvidas Sex and the City foi uma das mais importantes séries do final dos anos 90 e do começo dos anos 2000, reunindo uma legião de fãs.

Alguns desses acharam que seria uma boa ideia tirar fotos em frente do prédio em que supostamente Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) vivia, no bairro de West Village, em Nova York. O assédio foi tanto que os moradores do local tiveram de instalar uma corrente de isolamento e uma placa, pedindo para que essas pessoas não fizessem barulho, não sentassem na escada e recolhessem qualquer tipo de lixo que poderia ser deixado ali.


Realmente, é bem legal estar diante de um local onde gravaram alguma coisa que a gente gosta, mas, nessas horas, cabe o bom senso para não nos tornarmos os malucos inconvenientes que incomodam a vizinhança com sua nerdice!