Primeiros reviews divulgados de Pokémon Sword & Shield são positivos

Apesar de alguns defeitos, a maioria das opiniões aprovam os novos jogos da franquia

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Primeiros reviews divulgados de Pokémon Sword & Shield são positivos

O lançamento de Pokémon Sword & Shield está bastante conturbado, com diversos fãs reclamando de algumas decisões feitas pela desenvolvedora Game Freak. Os controversos jogos, no entanto, já começaram a receber seus primeiros reviews pelos grandes sites internacionais especializados – e as opiniões são positivas, na maior parte.

O Games Radar, por exemplo, nota que o jogo tem problemas e que os gráficos decepcionam, principalmente quando comparados com Breath of the Wild, Luigi’s Mansion 3 e Super Mario Odyssey. No entanto, o site diz que esta ainda é uma “aventura memorável”, elogiando principalmente a Wild Area, uma das principais partes da nova região, totalmente aberta, que permite, pela primeira vez, que o jogador controle a câmera:

A verdadeira estrela é o núcleo do jogo: a Wild Area. É uma área extensa na qual os Pokémon andam livremente, com condições de clima que sempre mudam e um tamanho equivalente a duas regiões de Zelda: Breath of the Wild. […] Você pode gastar horas aqui, apenas capturando e explorando, fazendo acampamento, interagindo com seus Pokémon ou encontrando e enfrentando outros treinadores.

O Eurogamer também elogia a Wild Area e sua jogabilidade de “mundo aberto”, mas diz que o custo disso foi “todo o resto do jogo.” Segundo o site, os outros locais são rasos, com poucos adversários para enfrentar e pouco o que explorar, enquanto as poucas “dungeons” são todas lineares e curtas:

Um exemplo: uma área do meio do jogo, que eu não posso falar, começa bem. A iluminação é baixa e a rota tem alguns retornos e passagens sem saída. Depois de alguns minutos, conforme passa pelas primeiras dificuldades, você chega à entrada da próxima seção, banhada em uma luz misteriosa, mas não é a parte mais profunda do lugar – é a próxima cidade, e o fim deste lugar que você esperava que fosse um calabouço. Isso acontece o tempo todo.

O Gamespot elogiou a maioria das mudanças, dizendo que os jogos removem os elementos maçantes dos títulos anteriores, ao mesmo tempo que destacam o que a franquia tem de melhor:

Com coleta, batalhas e exploração, Sword e Shield tiram o que há de ruim e focam no que faz dos pilares dos jogos de Pokémon tão cativantes. Você não é atrapalhado por sistemas complicados; desde o começo você pode começar a andar pela região de Galar, ver seus novos Pokémon e tentar suas novas estratégias de batalhas com pouca coisa em seu caminho. Isso te deixa livre para aproveitar o que há de melhor em Pokémon, e isso faz desse um ótimo começo para a estreia da série no Switch.

O VG247 foi um pouco mais reservado, dizendo que é um “jogo estranho”, por ser o mais ambicioso da franquia em certos sentidos, ao mesmo tempo que parece incompleto ou velho em outros:

Pokémon Sword & Shield é frequentemente decepcionante e às vezes parece inacabado, mas ele também proporciona o sentimento que os fãs esperam da série. Mesmo frustrado, em nenhum momento pensei em largar o jogo, o que é um ponto positivo dele. Ele é recomendado praticamente só pela ambientação de Galar e pelos novos Pokémon, mas tem uma longa lista de ressalvas.

O Polygon se mostrou otimista, afirmando que os jogos do Switch são “uma forma digna de vivenciar o prazer do mundo de Pokémon,” apesar de algumas falhas:

Os jogos são sempre nostálgicos, mas Sword e Shield nunca são vazios. Eles são familiares dos jeitos certos, ao mesmo tempo que adicionam elementos que me surpreenderam, bons e ruins. Mas principalmente bons.

Por fim, a EGM também elogiou o jogo, dando destaque para os belos visuais, afirmando também que a falta dos Pokémon de outras regiões não afeta em quase nada:

Pokémon Sword e Pokémon Shield estão entre os melhores jogos que a franquia já teve. A região de galar é divertida de explorar, os novos Pokémon são alguns dos mais interessantes que a série já teve, e o sistema Dynamax adiciona um elemento que renova as coisas como nunca antes. A aventura pode ser um pouco linear – e até um pouco entediante, às vezes – mas ela tem tudo o que faz de Pokémon incrível.

Estes são parte das opiniões dadas por alguns dos principais sites internacionais de games. Naturalmente, para quem puder, sempre vale a pena conferir em primeira mão também.

Pokémon Sword e Pokémon Shield serão lançados em 15 de novembro de 2019 para Nintendo Switch.