Review | Gears of War 4

Gears of War 4 consegue renovar a franquia e iniciar uma nova saga com sucesso

Thiago Machuca Publicado por Thiago Machuca
Review | Gears of War 4

O desafio de Gears of War 4 era gigantesco. Quem jogou a franquia sabe que o terceiro game da série colocou um enorme ponto final na trama. A guerra contra a Horda Locust chegara ao fim sem ganchos ou indícios de que a franquia poderia continuar a partir dali.

Muito se especulou se o futuro da série estaria no passado, com tantos eventos criados em quadrinhos, livros e por toda a mitologia que alguns jogos até citaram, mas não mostraram de fato: como a Guerra do Pêndulo ou a batalha nos Campos de Aspho (livro inédito no Brasil, por sinal). A Epic Games até tentou, deixando a People Can Fly desenvolver Gears of War Judgment e… bem… sabemos que não deu muito certo.

Com a chegada do Xbox One, os fãs estavam preocupados: o que seria do futuro de um dos melhores exclusivos da geração passada?

gears-of-war-4-1

Enfim, Gears of War 4

Gears of War 4 está sob nova direção, novo estúdio, é parte de uma nova geração de consoles e, talvez o mais importante fator: é o começo de uma nova saga para a série, que se passa 25 anos após os eventos conclusivos de Gears of War 3.

Sabemos que o protagonista é o filho de Marcus Fenix, que os novos inimigos são chamados de Swarms e eles se parecem muito com os Locusts, mas… há uma conexão? Sabemos que Marcus não está morto, que o planeta Sera sofre com fortes ventanias e tempestades elétricas, que há um belíssimo prólogo – que na minha opinião, jamais deveria ter sido mostrado oficialmente, e se você não viu, e pretende jogar o game, não o veja – entre outras coisas já mostradas que vieram por meio de dicas e pistas ao longo de entrevistas e trailers nestes últimos meses.

Posso dizer uma coisa, na real? O marketing do game mostrou muito mais do que realmente deveria ter mostrado.

Gears of War 4 conta com 24 capítulos que podem ser jogados em cerca de 8 horas de jogo. No que diz respeito a qualidade geral: diversão, batalhas, momentos inesperados e imersão, se parece muito com Gears of War 3, porém com pequenos toques de urgência e terror que existem no primeiro Gears of War.

A The Coalition soube mesclar muito bem a diversidade do terceiro game com o sentimento de urgência, suspense e medo do primeiro.

A história começa durante o dia e toda a trama se arrasta por uma madrugada tensa, cheia de mistérios e correria frenética para desvendar algo que mudará tudo novamente em Sera, após 25 anos de paz. A ideia de deixar boa parte da trama acontecer de madrugada foi simplesmente genial. Tensão, mistério, suspense e a incerteza de como tudo acontece são colocados de uma maneira que jogador simplesmente não consegue imaginar em que ponto os Swarms são realmente uma nova ameaça, da mesma forma que os Locusts foram no passado.

gears-of-war-4-4

E não espere que todas as perguntas sejam respondidas aqui. Gears of War 4 é o início de uma nova saga. Os eventos deste game ainda vão se desenvolver exponencialmente, da mesma forma que ocorreu com a trilogia original. Decisão mais do que acertada, pois seria impossível reproduzir neste título o pique e a megalomania que foi Gears of War 3.

Basta pensar que, vejamos, de dez perguntas que talvez você queira saber, oito serão respondidas aqui, enquanto outras cinco talvez surjam enquanto estiver jogando a campanha… É justo para um título que já é certeza que terá novas sequências.

Muitas novidades

Gears of War 4 decididamente é um novo título e ponto. É um game que tem uma cara nova, é cheio de novos elementos, novas mecânicas, porém sem parecer estranho como Gears of War Judgment foi. Segue o formato da série original, mas bem pé no chão, sem mudanças descaracterizassem o que consagrou a série.

Espere por muitos combates em murinhos (agora destrutíveis em boa parte das situações), muitas hordas de inimigos, corredores onde os personagens precisam conversar e contar fatos que o jogador mais ligado à trama fica sedento por saber, colecionáveis escondidos e muitos, mas muitos monstros cortados, explodidos, serrados e com sangue espirrando na tela de sua TV, ou monitor, já que agora o game também está disponível para ser jogado no PC por meio do programa Xbox Play Anywhere e da loja do Windows 10.

O jogador não controla Marcus Fenix, mas seu filho, James Dominic, “JD” Fenix. O elenco de Gears of War 4 é quase que inteiramente novo, ainda que velhos conhecidos apareçam aqui e ali em participações especiais que farão os fãs abrirem um sorrisão no rosto. No geral, achei que os novos personagens são tão carismáticos quanto os originais. Todos com personalidades próprias e que ganham a simpatia do jogador ao longo da trama.

gears-of-war-4-2

Não vou falar sobre mortes aqui, mas não seria Gears of War de verdade se ninguém morresse, certo? Há um momento específico em que realmente parei de respirar, com os olhos mareados de “suor”, esperando o desfecho de um evento, com o game me fazendo aceitar o que quer que fosse ocorrer ali. E existe um outro do tipo “uau, eu não vi isso chegando” que já me fez pensar o que vai ocorrer em Gears of War 5.

A The Coalition mandou bem nos ganchos e na construção de um novo problema de proporções catastróficas, mas que aqui, o jogador só vai ter um vislumbre.

Outras novidades: o jogador pode puxar inimigos pelas muretas (e eles fazem o mesmo contigo), pular através dos muros de forma mais dinâmica, há novas armas que mudam a forma de lutar, novos inimigos que também se comportam diferentes e inusitadas novas situações de momentos de ação diferenciada. E isso estou me referindo apenas a campanha, o modo Versus e Horda também trouxeram novidades.

Multiplayer

Como o game não foi oficialmente lançado, ainda não dá para testar o multiplayer online em sua plenitude. Porém, o que posso revelar, tendo experimentado o beta, é que Gears of War 4 preserva a qualidade dos primeiros jogos: partidas de 5 contra 5, personalização do personagem — da seleção e das skins das armas. Modos de multiplayer clássicos, como Warzone e Execution estão de volta e modos inéditos, como Escalation, também prometem bons momentos online.

gears-of-war-4-3

O modo Horda talvez seja o que mais foi modificado: agora a base dos jogadores é em qualquer lugar, através de uma caixa chamada Forjador, que pode criar barreiras e armas (está contextualizado na campanha como ela pode fazer isso). E defesas podem ser construídas em qualquer lugar, enquanto novas armas também podem ser solicitadas.

Classes de personagens

Os personagens possuem classes, como Batedor, Engenheiro, Franco Atirador, Peso Pesado e Soldado. Cada classe tem um set de armas iniciais e habilidades próprias como, por exemplo, o engenheiro começar com uma arma de reparo de defesas, ou o batedor que recolhe pontos extras que permitem construir mais no Forjador. São adições que prometem potencializar e criar novas dinâmicas a um modo de jogo muito querido da comunidade.

Gears of War 4 vem com 10 mapas, sendo que 9 são inéditos. Gridlock é o único que retorna porque é o mais clássico de toda a história da série, estando presente em todos os games de Gears of War lançados anteriormente. E todos os mapas funcionam tanto no Versus quanto na Horda.

A The Coalition já revelou que tem planos para lançar dois mapas por mês durante o período de um ano, totalizando 24 mapas, sendo que todos serão liberados gratuitamente para serem jogados em modo público no online, tal como ocorre em Halo 5 Guardians, impedindo assim a segregação de salas entre jogadores que possuem DLC e os que não possuem. Algo que era bem ruim nos games anteriores, diga-se de passagem. Somente no caso dos jogadores que quiserem jogar estes novos mapas em partidas privadas é que precisaram compra-los, adquirindo-os em pacotes ou através do Season Pass. Justo.

gears-of-war-5

Para veteranos e iniciantes na franquia

Gears of War 4 é um título que funciona em duas vias. Os fãs da série original vão vibrar quando terminarem a campanha, querendo saber o que virá a seguir. Enquanto quem nunca jogou nenhum game da franquia pode começar por aqui sem maiores dificuldades.

Há problemas que valem a pena serem mencionados? Não sei. Talvez o começo da campanha faça mais suspense do que gostaria. Os DeeBees, que são a classe de robôs da CGO nesse mundo de paz, são um tipo interessante de inimigos que somem de forma muito repentina e nem se comparam com o horror dos Swarms.

gears4_marcus_jd_

Gears of War 4 está graficamente com novos e inovadores cenários de combate para a série. Há momentos em que o jogador ficará realmente de boca aberta em como o ambiente muda entre os combates ao longo da campanha.

Só acho uma pena, que no que diz respeito a campanha em modo cooperativo, que só possa ser jogada entre dois jogadores. Felizmente, a opção de tela dividida (algo que anda sumido hoje em dia) se faz presente.

Um dos maiores desafios de Gears of War 4 era descobrir como trazer de volta uma franquia que mostrava uma trama concluída. Neste ponto, o objetivo foi conquistado sem que isso estragasse o final original da primeira trilogia. Os sacrifícios feito em Gears of War 3 não foram em vão. Deram 25 anos de paz a Sera…

Mas agora algo despertou e todo o terror irá retornar!

Veja alguns screenshots do jogo:

Gears of War 4 estará disponível a partir do dia 11 de outubro para Xbox One. Através do Xbox Play Anywhere, será possível jogar também no PC.