Prefeitura do Rio usou notícia falsa para tentar manter censura na Bienal

Livro satírico mencionado no recurso ao STF não estava à venda no evento

Marina Val Publicado por Marina Val
Prefeitura do Rio usou notícia falsa para tentar manter censura na Bienal

Desde a última quinta-feira (5), o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, tenta censurar a HQ Vingadores – A Cruzada das Crianças, que estava sendo vendida na Bienal Internacional do Livro Rio. Desde então, a prefeitura enviou duas vezes fiscais para recolher material considerado “impróprio”, mas não foi encontrada nenhuma obra em desacordo com as normas.

A disputa se estendeu para os tribunais, com uma liminar favorável à Bienal, outra autorizando a censura e uma decisão do presidente do STF derrubando a liminar que permitia a apreensão dos livros. A prefeitura então anunciou um recurso ao Supremo para pedir esclarecimentos em relação à liminar que proibia a censura na Bienal do Livro.

Segundo a Folha, nos embargos que a prefeitura do Rio encaminhou ao Superior Tribunal Federal, é citado um título que não foi comercializado no evento.

As Gêmeas Marotas, de Brick Duna, é uma obra para adultos que satiriza livros infantis e mostra personagens fofinhos praticando atos sexuais. As imagens anexadas pela prefeitura já circulam há algum tempo na internet e mostram que o livro está em português de Portugal e incluem até um postal com preço em euros. Ele não estava à venda na Bienal Internacional do Livro.

“As Gêmeas Marotas” não estava à venda na Bienal Internacional do Livro

Em nova decisão, Justiça do RJ autoriza censura da HQ de Vingadores na Bienal

Jim Cheung, ilustrador da HQ tida como “imprópria” pelo prefeito do Rio, se pronuncia

Prefeitura do Rio faz vistoria para recolher material “impróprio” na Bienal do Livro

A HQ que Crivella tentou censurar, Vingadores – A Cruzada das Crianças, foi escrita por Allan Heinberg, ilustrada por Jim Cheung e publicada originalmente em 2010. Em determinado momento da trama, há dois heróis adolescentes, Wiccano e Hulkling, se beijando. Não há nenhuma cena explícita. O quadrinho é vendido lacrado e é voltado o público adolescente e adulto. Nos Estados Unidos, ele tem classificação indicativa para maiores de 13 anos.

Após as declarações do prefeito, as edições da HQ à venda na Bienal Internacional do Livro Rio esgotaram rapidamente, devido à grande demanda do público.

A Bienal Internacional do Livro Rio aconteceu de 30 de agosto a 8 de setembro no Riocentro.