Jovem Nerd

NerdBunker

Por que a música Country Roads está em tantos filmes e jogos?

Quem trabalha para que o clássico americano continue aparecendo em dezenas de obras da cultura pop

Já parou para pensar quantas vezes você já escutou a música Take Me Home, Country Roads, de John Denver, em filmes, jogos e séries? Pare um pouquinho e veja só algumas das obras da cultura pop tiveram esse hino dos Estados Unidos em suas trilhas sonoras: Kingsman, Alien, Logan Lucky, Sussuros do Coração, OKJA, Diário de um Banana, Vinyl, The Office, Família Soprano… E a lista é longa!

Mesmo sendo uma música country de 1971, ou seja, de quase cinquenta anos atrás, Country Roads foi a canção mais vendida na iTunes no começo de julho de 2018. Na ocasião, uma versão da obra usada no trailer de Fallout 76, jogo da Bethesda que se passa em West Virginia (o mesmo lugar descrito na letra), colocou a música no topo.

Mas nem todas as obras fazem um paralelo tão direto quanto Fallout. Então, por que Country Roads é usada tantas vezes? Uma das respostas é que a canção se tornou um clássico norte-americano, atemporal, quase como uma versão ianque de Evidências. É aquela música que quando começa a tocar tira todo mundo da sua situação natural e faz cantar junto. Afinal, como disse o próprio Denver certa vez: “Música realmente une as pessoas. Ela permite que nós experimentemos as mesmas emoções!”

Country Roads

Os mais vendidos da iTunes em julho de 2018, mês que o cover de Country Roads foi lançado

A estratégia de Amy Abrams

A outra resposta é o trabalho árduo de Amy Abrams, a gerente das obras de John Denver. Para divulgar as músicas do cantor e aumentar o valor dos seus direitos autorais, ela contratou uma empresa que sugere as canções para departamentos de som de futuros filmes, jogos, séries e até comerciais de TV.

Além do trabalho feito por Abrams, a música também ganha espaço de maneira orgânica: “Muitas produtoras nos pedem os direitos das músicas e também tem supervisores musicais que chegam pedindo coisas do tipo: ‘estamos procurando por uma música icônica dos anos 1970′”, conta.

Como Take Me Home, Country Roads foi lançada há muito tempo, toda uma geração mais jovem só a conheceu através de outras obras de entretenimento, um contexto bem diferente do original. Mas Abrams não vê nada de negativo nisso:

Quando a músicas é usada em um filme muda completamente a nossa experiência com a canção. Os sons e os sentimentos emanados pela música do John ganham uma nova vida. Eu realmente acredito que o uso da canção na mídia é uma ótima forma de mostrar esse clássico americano para os mais jovens.

Apesar da presença bastante difundida de John Denver em diferentes mídias, as músicas do artista não são tão fáceis de se licenciar como pode parecer. Abrams sempre procura por descrições do contexto no qual a canção será usado e diz tomar cuidado para garantir que a “música seja mostrada de uma maneira positiva e leve”. Por conta da exigência da agente, parte dos pedidos de uso em trilhas sonoras acaba sendo reprovado: “John escreveu essas músicas icônicas e temos de proteger o valor dos direitos autorais”, conta.

Mas quantos pedidos para usarem as músicas de Denver ela recebe por ano? “Eu não consigo nem estimar isso, mas são MUITOS!”

Os picos de Country Roads

Toda vez que alguma obra que usa Country Roads como trilha é lançada, o Google Trends registra um pico enorme de pesquisas na plataforma em termos relacionados. Em junho de 2018, por exemplo, o trailer de Fallout 76 levou a música para um pico de 83, na escala de 0 a 100, dentro da métrica que o Google usa para medir a popularidade de um certo termo. O sucesso foi tamanho que a empresa decidiu lançar o cover separadamente nas plataformas digitais no mês seguinte. Não deu outra: a versão ficou no topo das paradas.

O exemplo de Fallout 76 é o mais recente, mas o pico nas buscas, ou seja, o número de pessoas interessados por Country Roads também aumentou bastante em outras ocasiões — sempre quando está associada a outra obra, seja um jogo ou filme. Em 2016, quando a canção embalou o trailer de Alien: Covenant, e em 2017, quando foi usada em Kingsman: O Círculo Dourado, com picos de 59 e 72, respectivamente.

country-roads-fallout-76

O trabalho de Amy Abrams é decisivo, mas não serviria para nada se Country Roads não fosse uma música marcante e “chiclete”. O refrão repetitivo gruda na cabeça e dá vontade de cantarolar até mesmo quando o Dwight, de The Office, interpreta a canção em alemão. A música tem versões diferentes em 15 países (só em francês há três versões). E é claro que existe uma versão em português: por aqui, West Virginia se torna “estradas do interior”. Já na Alemanha, temos as “estradas do passado” e na Finlândia se torna a “estrada velha”.

Mas é a na versão original que o chiclete faz melhor o seu papel e gruda a canção nos nossos ouvidos com mais força:

Country roads, take me home
To the place I belong
West Virginia, mountain mama
Take me home, country roads

E é quase impossível não cantar junto… Bendita Abrams!

Lista de atalhos

Acesso rápido

Controles do player